quinta-feira, 12 de março de 2015

CORREÇÃO DA ATIVIDADE MÓDULO G1 CAPITULO 3 E 4


ATIVIDADE CAPÍTULO 3 E 4 DO MÓDULO G1 1º ANO
01. A cartografia é um ramo da geografia muito importante para auxiliar no conhecimento do espaço natural e geográfico. Sendo assim dê o conceito de cartografia.
É a arte, a ciência e a técnica de fazer mapas.
02. Quais s duas tecnologias usadas a partir da década de 1970, que impulsionou a CARTOGRAFIA?
Os satélites e a Radamétrica (são utilizadas ondas de rádio para mapear a superfície do planeta)
03. Sobre as Projeções Cartográficas responda:
a) O que é?
É uma rede de meridianos e paralelos traçados como base para construir um mapa sobre uma superfície plana.
b) Qual sua maior dificuldade?
A maior dificuldade é transferir a rede ordenada em sua forma real, para um plano que seja exato ao máximo.
c) Qual seu principal objetivo?
É representar toda ou parte da superfície do planeta
d) Quais as outras ciências ligadas à geografia que auxiliam nas projeções cartográficas?
A cartografia usa como auxilio as seguintes ciências: Geodésica, Topografia, Astronomia, Aerofotogrametria e a matemática.
e) Comente: ... Não existe representação cartográfica com deformação nula.... (modulo G1, pág. 32)
O comentário desta frase deve-se basear no sentido que não tem nenhum tipo de representação do espaço que não tenha algum tipo de distorção, pois o nosso planeta apresenta características que não permite a exatidão das formas e dimensão em suas variadas representações.
04. Como podem ser classificadas as projeções cartográficas? Diferencie cada uma delas.
São: Conformes, Equivalentes e Equidistantes.
Conformes: conservam os ângulos de qualquer ponto, por conta disto conservam fisionomia e forma. Apresenta deformação.
Equivalente: Conservam as áreas mantendo a proporção do tamanho entre a superfície real e representada no mapa, as formas e fisionomia são deformadas.
Equidistante: Os comprimentos são representados em escala constante, ou seja, mantém a relação de comprimento dos meridianos e paralelos.
05. Quais os tipos projeções cartográficas? Diferencie cada um deles.
Os tipos são:
1. Cônico: Tem formato de cone de papel, nela os paralelos são circulares e os meridianos retos radiais.
2. Cilíndrica: pode ser do tipo normal ou transverso. A normal é quando o eixo do cilindro coincide com o eixo norte-sul. Transversa é quando o eixo do cilindro coincide com a linha do equador. Os paralelos e meridianos são representados em linha reta.
3. Azimutais: Como se uma folha de papel fosse tangente à superfície terrestre, o paralelo ou meridiano que passa no centro da projeção é uma linha reta.
4. Especiais: São aquelas mais usadas para confeccionar mapas-múndi. Elas são derivadas das projeções cilíndricas.
06. Quais as propriedades das projeções azimutais? Qual o tipo de projeção azimutal mais usada?
Propriedades:
Os semicírculos que passam pelo centro da projeção são linhas retas;
Os pontos igualmente distantes no centro da projeção são igualmente distantes no mapa;
Os lugares igualmente distantes no centro da projeção possuem deformações iguais.
A mais usada é a Projeção Azimutal de Lambert
07. Em relação às projeções especiais, responda:
a) Qual a mais usada para representar o mapa-múndi?
Projeção de Molllweide
b) Quais suas principais características?
São aquelas mais usadas para confeccionar mapas-múndi.
Elas são derivadas  das projeções cilíndricas.
Representam os paralelos como linhas retas horizontais;
O Equador tem duas vezes o tamanho do meridiano de Greenwich;
Os meridianos são elipse;
A projeção é equivalente – conserva as áreas.
c) Cite as características da projeção de Bartholomeu.
Tem origem nas modificações das projeções cônicas;
Tem o Equador como paralelo base, que representado como linhas retas horizontais;;
 Os outros paralelos são espaçados de acordo com a distância;
Apresentam interrupções nos oceanos dividindo o mapa em dois grupos, América do Norte, Central e Sul e Eurásia, África e Oceania.
d) Cite as características da projeção de Universal de Mercator.
Nome: Universal Transversa de Mercator (UTM);
O Equador e o meridiano de Greenwich são representados em linha reta;
A deformação é acentuada acima dos 80º de latitude norte e sul;

08. Em relação aos mapas, responda:
a) O que é mapa e mapeamento?
Mapa Segundo o professor Erwin Raiz é a representação gráfica da superfície terrestre.
Mapeamento é o conjunto de coleta de dados e informações, construção e representação de mapa de um determinado lugar.
b) Como são classificados os mapas?
São:
Mapa Geral, usados como fonte de informações generalizadas;
Mapa Especial é aquele que representa fatos, dados ou fenômenos específicos.
Mapa Temático são representações em qualquer escala de fenômenos geográficos, demográficos, geológicos, etc.
Mapa ou carta topográfica é aquele que mostra característica de elemento natural ou artificial da paisagem;
Mapa ou Carta geográfica é aquele que mostra característica de elemento geográfico de uma região, pais ou continente.
c) O que é ANAMORFOSE?
As anamorfoses geográficas são mapas esquemáticos, que não apresentam escala cartográfica. Nessas representações as áreas sofrem deformações que são matematicamente calculadas. É uma técnica utilizada para representar temas diversos, como o PIB – Produto Interno Bruto, as mudanças da população, etc. Nesse tipo de mapa, a superfície de cada espaço cartografado vai mudar proporcionalmente segundo uma variável estabelecida.
A cartografia por anamorfose é um instrumento que permite análises comparativas.
d) Explique cada um dos elementos que formam um mapa.
Coordenadas Geográficas: Os meridianos e paralelos devem está representados conforme a projeção cartográfica.
Orientação ou Rosa-dos-ventos: os pontos cardeais devem está representados na Rosa-dos-ventos para auxiliar na orientação do mapa.
Legenda: são os símbolos ou convenções cartográficas que explicam ou tornam as informações contidas no mapa mais claro.
Fonte: deve está clara a origem das informações contidas no mapa, ou seja, de onde foi retira tal informação.
Escala: representação matemática que apresenta as proporções das dimensões reais com as dimensões representadas no mapa.
Projeção cartográfica: deverá está indicada no mapa o tipo de projeção que foi utilizada para a confecção do mesmo.
09. Em relação ao processo de regionalização, responda:
a) O que é região?
É uma parte ou porção da superfície terrestre com características naturais ou sociais que a diferencie de áreas vizinhas.
b) Explique a regionalização Físico-Natural e a regionalização Histórica.
REGIONALIZAÇÃO FÍSICO-NATURAL: Baseia se nos aspectos geológicos do nosso planeta que considera o nosso planeta uma grande massa de terra emersa cercada por oceanos. Estão divididos em África, Europa, América, Oceania e Ásia (a Europa e a Ásia formam a EURÁSIA).
REGIONALIZAÇÃO HISTÓRICA: Esta regionalização baseia se na ocupação histórica dos continentes e está dividida em Antigo (velho) Continente, Novo Continente e Novíssimo Continente.
c) Qual o principal objetivo da regionalização do território brasileiro?
Conhecer melhor as características físico-naturais e socioeconômicas do nosso país.
d) Quais as da divisão elaborada pelo IBGE em 1940, 1945, 1950, 1960, 1970 e 1990.
1940: O Brasil tinha 5 regiões: Norte, Nordeste, Este, Centro e Sul.
1945: Apresentava 7 regiões: Norte, Nordeste Ocidental, Nordeste Oriental,  Centro-Oeste, Leste Meridional, Leste Setentrional e Sul,
1950: Tinha 5 regiões Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Leste e Sul.
1960: tinha a mesma configuração de 1950, com 5 regiões Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Leste e Sul.
1970: Continua com 5 regiões Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul.
1990 Continua com a mesma configuração de 1970, mudando apenas as fronteiras de alguns estados a partir da constituição de 1988.
10. Diferencie A regionalização proposta por Pedro P. Geiger, Milton Santos e pelo IBGE.
A divisão do IBGE divide o pais em 5 (cinco) regiões (Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul), levando em conta os critérios físico-naturais e socioeconômicas de cada região.
A divisão de Pedro P. Geiger divide o pais em 3 (três) Complexos regionais ou Regiões Geoeconômicas) e leva em consideração  o desenvolvimento histórico e socioeconômico.

A divisão de Milton Santos em 4 (quatro) regiões (Norte, Nordeste, Centro-Oeste e Concentrada), levando em consideração as características comuns  da modernização das  atividades econômicas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

9º ANO CAPITULO 11