segunda-feira, 28 de abril de 2014

9º ANO RESUMO CAPÍTULO 5

RESUMO CAPITULO 5
 A Distribuição da população foi alterada devido à movimentação da maior parte da população para as cidades onde se encontra o maior número de indústria.
O modelo industrial atualmente norteia se pela produção global, não apenas para atender um determinado mercado e sim todos os mercados, cada um com suas características próprias.
Na Europa os países que apresenta menor concentração de empregos no setor terciário são aqueles que adotaram o sistema socialista, no século passado (Albânia);
As atividades econômicas são complementares, o setor primário depende dos produtos industrializados do setor secundário e da mão de obra e tecnologia produzidas pelo setor terciário.
O desenvolvimento tecnológico tem promovido grande desemprego (DESEMPREGO ESTRUTURAL) e a mão de obra que dispensada pela indústria, é absorvida pelo setor terciário nas atividades de transportes, comércio e turismo.
Apesar de gerar o maior numero de vaga de emprego o setor terciário não o torna mais importante da economia, pois a produção se baseia em uma rede de produção que vai desde extração de matérias-primas até o consumo final dos produtos pelas pessoas, envolvendo todos os setores da economia.
DISTRIBUIÇÃO DA ATIVIDADE INDUSTRIAL
A distribuição da indústria na Europa se dá pelos fatores locacionais clássicos, os quais são:
Disponibilidade de matérias-primas, ou seja, recursos naturais;
Disponibilidade de energia;
E facilidade de transporte.
A maior concentração de pessoas, na Europa, está no centro do continente;
Esta concentração populacional ocupa uma faixa que vais desde Alemanha até o norte da Itália, passando por França, Holanda (países baixos) e Bélgica.
ALEMANHA
É o país com maior produção industrial;
O vale do RIO RENO tem maior concentração da produção industrial;
Hannover e Hamburgo são as principais cidades portuárias, as quais formam um eixo de ligação entre Berlim e as cidades ao sul de Leipzig e Dresden.
Iniciou sua industrialização após Inglaterra e França, junto aos EUA, dominavam a produção e a modernização industrial no final do século XIX;
Mesmo dividida a Alemanha ocidental se tornou a 3ª maior economia do mundo na década de 1990;
Com o fim do socialismo e sua unificação, investiu pesadamente na Ex-Alemanha Oriental, visando homogeneizar o desenvolvimento econômico e industrial em todo o país.
Em 2012, para o Banco Mundial a Alemanha tinha o quarto maior PIB do (3,3 trilhões) de dólares;
Os principais produtos são:
Os da indústria automobilística, destacando-se a Mercedes-Benz, Audi, Volkswagen, Posche e BMW;
Os dos setores de maquinas pesadas e indústria química.
O setor automobilístico é o apresenta maior peso nas exportações alemãs, haja vista que o consumo interno da Alemanha não absorve sua grande produção.
A grande dificuldade da indústria alemã é a importação de energia e recursos naturais;
Uma possível crise pode elevar o preço das commodities importadas pelo país e aumentar o preço dos produtos industrializados e com isso diminuir suas exportações.

FRANÇA
È o segundo maior PIB da Europa e o Quinto do mundo em 2012, segundo o Banco Mundial.
Iniciou seu processo de industrialização no Século XVIII, concentrado sua indústria na fronteira com a Alemanha devido à disponibilidade de carvão mineral. (Alsacia e Lorena)
O desenvolvimento de novas fontes energéticas (Nuclear e Termoelétrica) provocou transformações na distribuição da indústria francesa;
A região do entorno de paris se tornou o principal centro político, econômico, cultural e industrial do país.
A atividade industrial na França é bastante diversificada, destaca-se a indústria aeroespacial, eletrônica, automobilística (Peugeot e Renault), farmacêutica, química, mecânica, moda – alta costura –, cosméticos e perfumes.
Destaca-se ainda, as empresas ligadas a alta tecnologia, com importantes centros de pesquisas e universidades.
Os tecnopolos franceses fazem parte de uma política de desenvolvimento de área fora do entorno de paris.
Obs.: tecnopolos são de produção e de pesquisa em tecnologia de ponta, os primeiro surgiram nos EUA na década de 1950 – SILICON VALLEY OU VALE DO SILÍCIO.
INGLATERRA
Pioneira no desenvolvimento da indústria, atualmente forma com o País de Gales, Escócia, Irlanda do Norte o Reino Unido.
Embora sobre o mesmo comando e considerado um só pais, existem diferenças culturais entre estes povos.
Tem o sexto maio PIB do mundo e o terceiro da Europa com 2,4 trilhões de dólares;
Sua atividade industrial é diferente daquela que era desenvolvida nos séculos XVIII e XIX, tanto no tipo de produto quanto na distribuição espacial de sua indústria;
Os antigos centros industriais baseados na indústria têxtil, siderúrgica, ferroviária e naval, perderam sua importância devido ao esgotamento do carvão mineral e do minério de ferro.
Londres concentra a produção industrial inglesa;
Birmingham, Liverpool e Bristol, e Edimburgo na Escócia são importantes centros produtores industriais;
A siderurgia e realizada com recursos importados, transformados minimamente em sue pais de origem e processados para abastecer indústrias como a aeronáutica, a naval e automobilística.

ITÁLIA
Importante área industrial europeia está no entorno de Milão e Turim;
Além de iniciar um pouco tarde seu processo de industrialização e com limitações naturais na geração de energia, sua industrialização ficou comprometida inicialmente;
Com a geração de energia hidroelétrica a indústria italiana teve um rápido crescimento;
A indústria se concentra ao longo do vale do rio Pó, principal região geradora de energia;
O fator de concentra na região geradora de energia mais indústria, causou uma distribuição desigual na indústria italiana, sendo o Norte mais industrializado que o Sul.
Após a Segunda Guerra, o estado incentivou a implantação de indústria no sul, principalmente a petroquímica.
Devido à necessidade de importar petróleo do Oriente Médio, a região sul foi fortalecida devido a sua posição geográfica que facilita a entrada do petróleo vindo do Oriente Médio;
Fiat – FABRICA ITALIANA DE AUTOMOVEIS TURIM – e a PIRELLI são duas importantes multinacionais italianas;

IMPORTANTES CENTROS INDUSTRIAIS ALÉM DA REGIÃO CENTRAL EUROPEIA
No entorno das cidades como Madri e Barcelona na Espanha, Varsóvia e Cracóvia, na Polônia; Bucareste, na Romênia e Kiev, Na Ucrânia, está localizados importantes centro industriais europeu.
No Leste Europeu, duas áreas indústrias se destacam:
Na fronteira entre a Rússia e Ucrânia;
No entorno de Moscou;
As indústrias que se destacam no Leste Europeu são as de base como as siderúrgicas, metalúrgicas e as que atuam no setor de energia como as petroquímicas;
A Rússia se destaca na indústria:
Aeronáutica;
Bélica, armamento;
Petroquímica.















9º ANO CORREÇÃO


 EXERCÍCIO CAPITULO 5
01. Cite um exemplo de como o desenvolvimento da indústria afetou outros setores da economia.
Na agropecuária: evolução das máquinas, fato que aumentou a produtividade e reduziu mão de obra Melhoramento genético das sementes usadas nos cultivos;
Desenvolvimento de novos métodos de manejos e tratamento doenças nos animais.
 02. Explique Prestação de serviço.
São todas atividades desenvolvidas no setor terciário da economia, que vais desde a educação até o desenvolvimento tecnológico.
 03. Qual dos setores da economia emprega o a maior numero de trabalhadores e qual o seu percentual no PIB mundial?
O setor terciário ou o setor de prestação de serviços é o que mais emprega, sendo responsável por 60% do PIB mundial.
 04. O que o avanço da tecnologia tem provocado no setor primário e secundário?
O desenvolvimento tecnológico tem promovido grande desemprego e a mão de obra que dispensada pela indústria, é absorvida pelo setor terciário nas atividades de transportes, comércio e turismo.
05. Cite as características industriais da Alemanha.
É o país com maior produção industrial;
O vale do RIO RENO tem maior concentração da produção industrial;
Hannover e Hamburgo são as principais cidades portuárias, as quais formam um eixo de ligação entre Berlim e as cidades ao sul de Leipzig e Dresden.
Iniciou sua industrialização após Inglaterra e França, junto aos EUA, dominavam a produção e a modernização industrial no final do século XIX;
Mesmo dividida a Alemanha ocidental se tornou a 3ª maior economia do mundo na década de 1990;
Com o fim do socialismo e sua unificação, investiu pesadamente na Ex-Alemanha Oriental, visando homogeneizar o desenvolvimento econômico e industrial em todo o país.
Em 2012, para o Banco Mundial a Alemanha tinha o quarto maior PIB do (3,3 trilhões) de dólares;
Os principais produtos são:
Os da indústria automobilística, destacando-se a Mercedes-Benz, Audi, Volkswagen, Posche e BMW;
Os dos setores de maquinas pesadas e indústria química.
O setor automobilístico é o apresenta maior peso nas exportações alemãs, haja vista que o consumo interno da Alemanha não absorve sua grande produção.
A grande dificuldade da indústria alemã é a importação de energia e recursos naturais;
Uma possível crise pode elevar o preço das commodities importadas pelo país e aumentar o preço dos produtos industrializados e com isso diminuir suas exportações.
06. O que ocorre na Alemanha com o fim do socialismo do Leste Europeu?
Com o fim do socialismo e sua unificação, investiu pesadamente na Ex-Alemanha Oriental, visando homogeneizar o desenvolvimento industrial em todo o país.
07. Cite os principais produtos da indústria alemã.
Os principais produtos são:
Os da indústria automobilística, destacando-se a Mercedes-Benz, Audi, Volkswagen, Posche e BMW;
Os dos setores de maquinas pesadas e indústria química.
08. Qual a maior dificuldade da indústria alemã?
A grande dificuldade da indústria alemã é a importação de energia e recursos naturais;
09. Quando e onde iniciou o processo de industrialização?
Na Inglaterra no século XVIII
10. O que provocou a mudança na distribuição da indústria na França?
O desenvolvimento de novas fontes energéticas (Nuclear e Termoelétrica) provocou transformações na distribuição da indústria francesa;

domingo, 13 de abril de 2014

1° ANO - FUSOS HORÁRIOS



QUESTÕES FUSOS HORÁRIOS 


01. Um avião faz uma viagem em duas etapas:

1º ETAPA – sai de Santiago (75 ° W), no Chile, às 7 horas do dia 10/04/2014 e faz escala em São Paulo (45º W), após quatro horas de viagem.

a) A que horas o avião chega à São Paulo?

75 °W = 7 HORAS DO DIA 10/04/2014 
45º W = 9 HORAS DO DIA 10/04/2014, 

O FUSO 45ºW ESTAR  ADIANTADO DUAS HORAS EM RELAÇÃO AO FUSO 75ºW.

9 HORAS MAIS AS 4 HORAS DE VIAGEM O AVIÃO CHEGOU A SÃO PAULO ÀS 13 HORAS DO  dia 10/04/2014 

2º ETAPA – depois de quatro horas, levanta voo novamente com destino a Roma (15° E).

b) A que Horas o Avião Chega a Roma, sabendo-se que a viagem de São Paulo a Roma dura dez Horas?

EM SÃO PAULO O AVIÃO  DEMOROU 4 HORAS, LEVANTANDO VOO AS 17 HORAS. NO MOMENTO QUE LEVANTOU VOO ÀS 17 HORAS EM ROMA ERAM 21 HORAS, SOMANDO AS 10 HORAS DE VIAGEM O AVIÃO CHEGOU A ROMA 7 HORAS DO DIA 11/04/2014

c) Qual A diferença de horas entre Santiago e Roma?

A DIFERENÇA SÃO 6 HORAS

02. Três jovens amigos estão localizados em pontos diferentes da Terra: Paulo está a 165° Leste de Greenwich; Pedro permanece a 45° a Oeste de Paulo, e Clara está a 30° Oeste de Greenwich. Sabendo que no Meridiano Inicial são 18 horas do dia 5 de janeiro, a hora e o dia em que Paulo, Pedro e Clara estão são, respectivamente:

 EM GREENWICH SÃO 18  HORAS

PAULO ESTÁ FUSO +11=165º E - 18+11= 29 HORAS OU  5 HORAS DO DIA SEGUINTE

PEDRO ESTÁ A 3 FUSOS A OESTE DE PAULO FUSO +8=120º E  18+8+ 26 HORAS OU 2 HORAS DO DIA SEGUINTE

CLARA ESTÁ A 2 FUSOS DE GREENWICH NO FUSO -2=30º W 18 -2+ 16 HORAS DO MESMO DIA.


03. Estamos em Greenwich (Londres) e são exatamente 14 horas do dia 10 de outubro de 2005. Que horas são em:

1. Um ponto localizado a 45° de longitude oeste?  11 HORAS DO MESMO DIA
2. Um ponto localizado a 60° de longitude leste?   18 HORAS DO MESMO DIA
3. Um ponto localizado a 75° de longitude oeste?   9 HORAS  DO MESMO DIA

A sequência correta é

a) 1 (17 horas) 2 (12 horas) 3 (21 horas).
b) 1 (11 horas) 2 (18 horas) 3 (9 horas).
c) 1 (11 horas) 2 (6 horas) 3 (21 horas).
d) 1 (17 horas) 2 (18 horas) 3 (9 horas).
e) 1 (17 horas) 2 (6 horas) 3 (9 horas).

04. Um avião decolou do aeroporto da cidade A (45°W) às 7 horas com destino à cidade B (120°W). O voo tem duração de oito horas. Que horas serão na cidade B quando o avião pousar?

  75 °W   = 7 HORAS 
120º W   = 2 HORAS

HORA DO POUSO NA CIDADE B É IGUAL A 2 HORAS MAIS A SOMA DAS HORAS DA DURAÇÃO DA VIAGEM 8 HORAS.

2 HORAS + 8 HORAS= A 10 HORAS DO MESMO DIA


 05. Considerando a diferença dos fusos horários, um evento esportivo que ocorreu no fuso 120° E às 8 horas da manhã do dia 12 de agosto foi visto em São Paulo, ao vivo, às:

120º ESTÁ NO FUSO +8
SÃO PAULO ESTÁ NO FUSO -3 ( 45ºW)

SÃO 11 HORAS A MENOS PARA SÃO PAULO , FATO QUE DETERMINA A TRANSMISSÃO SÃO PAULO ÀS 21 HORAS DO DIA ANTERIOR.

06. Quando em Sidney, na Austrália, situada a 151º de longitude Leste, são 9h, que horas são em Agadir (Marrocos), localizada na longitude 9º Oeste?
OBS:

ENTRE AS LONGITUDES 150º E 165º A HORA É A MESMA.

ENTRE AS LONGITUDES 0º E 15º A HORA É A MESMA.

A DIFERENÇA ENTRE SIDNEY E AGADIR SÃO DE 11 HORAS A MENOS, ISTO QUE DIZER QUE EM AGADIR SÃO 2 HORAS DO DIA ANTERIOR.

07. Quando em Los Angeles, situada a 118º de longitude ocidental forem 7 horas, que horas serão em Chicago, localizada a 88º de longitude ocidental?

ENTRE AS LONGITUDES 105º E 120º A HORA É A MESMA.
ENTRE AS LONGITUDES 75º E 90º A HORA É A MESMA.

A DIFERENÇA ENTRE LOS ANGELES E CHICAGO SÃO DE 2 HORAS A MENOS, ISTO QUE DIZER QUE EM CHICAGO SÃO 5 HORAS DO MESMO DIA.


quarta-feira, 2 de abril de 2014

OPÇÃO PRÉ-VESTIBULAR

QUESTÕES SOBRE CLIMA
01 .A Atmosfera envolve e acompanha a Terra em seus movimentos no espaço, e se formou logo a após o surgimento do planeta, há 4,6 bilhões de anos. Ela filtra raios solares, fazendo com que as temperaturas na superfície terrestre sejam amenas, possibilitando o desenvolvimento da vida, e ainda nos protege contra choques de corpos celestes errantes que frequentemente colidem com a terra. Esta proteção gasosa é dividida em camadas, sendo que aquela onde ocorre a maior parte dos fenômenos atmosféricos (calor, ventos, chuva) é chamada de:
A)Estratosfera.
B) Troposfera.
C) Mesosfera.
D) Termosfera.
E) Magnetosfera.

02. Sobre os fatores que contribuem para as características climáticas de determinado local, analise as sentenças a seguir:
I. Mesmo com temperaturas elevadas, a incidência de radiação solar é menor nas regiões equatoriais.
II. A longitude de um determinado local é determinante para o recebimento de radiação solar e aquecimento da superfície terrestre.
III. Devido à inclinação do eixo da Terra, grande parte da radiação solar recebida está concentrada nas áreas intertropicais do globo terrestre.
IV. Quanto maior a latitude de determinado local, menor será a incidência de radiação solar e, consequentemente, menor será a temperatura.
V. Decorrente da inclinação do eixo da Terra, a incidência da radiação solar nos polos, durante o solstício de verão, é mais intensa que nas áreas tropicais.
Estão corretas as sentenças:
A) II apenas                 
B) III e V                 
C) II e IV                   
D) III e IV                  
E) I, IV e V

03. Sobre os efeitos de maritimidade e continentalidade é correto afirmar:
A) As áreas continentais aquecem-se mais rapidamente que as áreas oceânicas, resultando na diferença de temperatura e pressão e, consequentemente, na circulação de massas de ar.
B) A amplitude térmica das áreas continentais é menor que nas áreas costeiras. Isso ocorre porque nas áreas continentais a umidade do ar é menor, contribuindo para a grande variação de temperatura ao longo do dia.
C) O aumento da umidade do ar nas áreas continentais é a principal consequência do efeito da continentalidade.
D)Com o efeito da maritimidade, as águas superficiais do oceano mantêm-se frias, fator que contribui para a diminuição da umidade e da ocorrência de chuvas nas áreas costeiras.
E) A maritimidade e a continentalidade não afetam o clima de determinado local, uma vez que a circulação das massas de ar é influenciada apenas pelos grandes centros de alta e de baixa pressão do planeta.

04. Observe a notícia a seguir:
“Na quinta-feira (07/06) o frio deverá se intensificar e a temperatura mínima será negativa, com ocorrência de geada forte no RS. A temperatura máxima não ultrapassará os 12°C no RS, SC e no sul e oeste do PR. O ar frio avançará pelo oeste e sul da região amazônica com temperatura mínima por volta de 9°C na região do alto Paraguai no MT e no sul de RO." CPTEC/INPE. Temperatura atinge 5ºC (negativos) na Serra Catarinense. Notícias - CEPTEC. Disponível em: . Acesso em: 19 jun. 2012. A diminuição da temperatura na região norte do território brasileiro é comum na época do ano apresentada na reportagem. Indique a alternativa que apresenta respectivamente a massa de ar responsável pela queda da temperatura nessa região do Brasil.
A) Massa Tropical Atlântica                            
 B) Massa Polar Atlântica                                  
C) Massa Polar Atlântica  
D) Massa Equatorial Atlântica .                       
E) Massa Equatorial Continental  

05. Leia o informativo a seguir:
“A frente fria continua se deslocando para o Sudeste do Brasil nessa terça-feira. Sobre o Paraná as condições atmosféricas continuam favoráveis às chuvas na maior parte do estado". SIMPEPAR. Condições do tempo. Disponível em:. Acesso em: 19 jun. 2012. SIMEPAR - Tecnologia e Informações Ambientais. De acordo com as informações apresentadas é possível afirmar que o tipo de chuva retratado na reportagem é:
A) orográfica, pois grande parte do território paranaense é composto por serras e áreas com altitudes elevadas.
B) convectiva, pois o contato entre duas massas de ar com índices diferentes de umidade e de temperaturas resultam na convecção do vapor d’água e no aumento da pluviosidade.
C) orográfica, pois as massas de ar encontram barreiras de relevo no deslocamento para a região sudeste, havendo a precipitação pela ascendência do ar úmido para as camadas mais elevadas da atmosfera.
D) frontal, pois o deslocamento horizontal de massas frias e contato com áreas de elevada umidade resulta na diminuição da temperatura e na ocorrência de chuvas intensas.
E) frontal, pois a ascensão vertical do ar quente e úmido para camadas mais frias da atmosfera resulta na condensação do vapor d’água e na ocorrência de chuvas.
06. Sobre a formação e as características dos ventos, é correto afirmar:
A) O efeito de Coriólis é o principal responsável pela formação e circulação dos ventos próximos à superfície terrestre.
B) A circulação das massas de ar ocorre das áreas ciclonais, de baixa pressão, para as anticiclonais, de alta pressão.
C) A Zona de Convergência Intertropical é a faixa de contato entre os ventos alísios de nordeste com os ventos alísios de sudeste, resultando na ascensão do ar em colunas para os níveis mais elevados da troposfera.
D)Jet Stream são massas de ar com umidade elevada que deslocam-se próximas à superfície, causando chuvas convectivas nas áreas equatoriais.
E) Os ventos polares são ventos com velocidades acima de 150km/h que circulam nas regiões polares do globo terrestre. Esses ventos apresentam pouca influência no clima das áreas de média e baixa latitude.

07. Sobre as massas de ar que atuam no Brasil, analise as informações a seguir:
1. Massa Equatorial Atlântica
2. Massa Equatorial Continental
3. Massa Tropical Atlântica
4. Massa Tropical Continental
5. Massa Polar Atlântica
(  ) Massa de ar quente e úmida, formada na parte ocidental da Amazônia, com atuação constante ao longo do ano. A umidade está associada à presença de rios e à vegetação da região.
(   ) Massa fria e úmida, formada no sul da Argentina. A atuação dessa massa é mais intensa durante o inverno, causando chuvas e quedas nas temperaturas na região sul do país.
(  ) Massa quente e úmida, formada próxima ao trópico de Capricórnio, e com atuação sobre a costa leste do país.
(  ) Massa de ar quente e seca, formada na Depressão do Chaco, na Argentina e Paraguai. 
(  ) Massa quente e úmida, formada no oceano Atlântico, ao norte do Equador. Essa massa influencia nas condições climáticas do litoral da Amazônia e do Nordeste.
A alternativa com a sequência correta é:
A) 1 - 2 - 3 - 4 - 5
B) 5 - 4 - 3 - 2 - 1
C) 4 - 5 - 3 - 1 - 2
D) 3 - 2 - 5 - 4 - 1
E) 2 - 5 - 3 - 4 - 1