segunda-feira, 5 de setembro de 2011

6º ANO IV BIMESTRE


A DINÂMICA DA BIOSFERA

O Brasil por ser um país de dimensões continentais e situado em grande parte na Zona Intertropical, apresenta grande diversidade de ecossistemas.

Muitos deles com grande variedade de espécies, especialmente a Mata Atlântica, a Amazônia e o Cerrado.

O Brasil é o país com a maior diversidade de vertebrados e plantas do planeta.

Ecossistemas: São sistemas biológicos nos quais há uma cadeia alimentar e uma constante interação entre os seres vivos e o ambiente em que vivem.

Cadeia alimentar é um sistema ecológico formada por animais (fauna) e vegetais (flora) que dependem uns dos outros para sobreviverem.

Biota: É constituída pela fauna e flora, ou seja, são os animais e os vegetais que formam um ecossistema.
Os fatores abióticos são os gases atmosféricos, a radiação solar, as rochas, o solo e as águas.

A biosfera é formada pela soma de todos os ecossistemas da Terra

Cada ecossistema, como a Amazônia ou a Caatinga, possui uma determinada paisagem natural com elementos e características que o distingue dos outros ecossistemas.

Quando um ecossistema possui grande número de espécies animais e vegetais, dizemos que ele apresenta grande biodiversidade (bio=vida), ou seja, grande diversidade de vida.

Espécie Endêmica: É quando uma espécie de animal ou de vegetal é encontrada apenas naquele ecossistema, ou seja, não existe em nenhuma outra parte do planeta.

O Brasil é o país de maior biodiversidade do mundo, devido ao grande número de ricos ecossistemas que se distribuem por seu território.

O Brasil possui grande potencial de biomassa.

A biomassa: É o peso seco de matéria viva, vegetal e animal, em um determinado organismo ou ecossistema.

A biomassa é muito usada para produção de energia elétrica porque armazena energia solar e substâncias químicas, a biomassa é utilizada como um recurso renovável na produção de energia elétrica

Peso Seco: peso de um organismo vivo sem considerar a água nele presente.

Com o desenvolvimento da biotecnologia, produtos farmacêuticos baseados na extração de plantas (fitoterápicos) têm tido um significativo aumento nas vendas.

Biotecnologia: Técnica que usa organismos vivos ou partes ou modificar produtos, melhorar geneticamente plantas ou animais, ou desenvolver micro-organismos para fins específicos,

A palavra biotecnologia é formada por três vocábulos de origem grega: bios = vida; techno = técnica; e logos = estudo.

O termo megadiversidade baseia-se no número total de espécies encontradas em um país e no grau de endemismo dessas espécies.

Os 17 países megadiversos que abrigam aproximadamente 70% das espécies mundiais.

Grau de endemismo: proporção de espécies endêmicas, ou seja, de espécies que existem somente numa determinada área do planeta.

Os 17 países está situada nas zonas mais quentes e úmidas da Terra e que alguns possuem grande extensão.

O Brasil é o país com o maior número de plantas endêmicas, ou seja, que não ocorrem em nenhum outro lugar do mundo. Essas plantas são, portanto, exclusivas do Brasil.

HOTSPOTS

Em 1988, o ecólogo inglês Norman Myers criou o conceito de hotspot (ponto quente).

Ele buscava entender quais eram as áreas mais relevantes para preservar a biodiversidade na Terra.

A biodiversidade não está igualmente distribuída no planeta, Myers procurou identificar as regiões que concentravam os mais altos níveis de biodiversidade e onde as ações de conserva¬ção seriam mais urgentes.

HOTSPOT: É toda área prioritária para conservação com rica biodiversidade e ameaçada no mais alto grau, ficou conhecida como HOTSPOT.

OS CRITÉRIOS PARA SE DEFINIR UM HOTSPOT SÃO:

Ter pelo menos 15 000 espécies endêmicas de plantas;

Ter ao menos 75%(3/4) de sua vegetação original destruída.

No Brasil, existem dois hotspots: a Mata Atlântica e o Cerrado.

A localização da maioria dos hotspots mundiais está relacionada à concentração de calor e umidade.

A Zona Intertropical concentra 19 hotspots entre os 34 existentes, o que significa pouco mais da metade do total.

Esta concentração se deve à maior quantidade de energia solar recebida por essa zona climática ao longo do ano e pela grande quantidade de chuva (pluviométrico)

A Zona Intertropical é a zona climática mais quente e chuvosa do planeta durante todo o ano.

Os 15 hotspots restantes estão situados entre os trópicos e os paralelos de 45° N e 45° S, ou seja, em ambientes de clima temperado, onde em geral as temperaturas são amenas e as chuvas abundantes e regulares.

Juntamente com o calor e a umidade, o tipo de solo, o relevo e a proximidade marítima, fatores humanos, também ajudam a explicar a distribuição dos hotspots pelo planeta.
Bioma Segundo o IBGE: é o conjunto de vida (vegetal e animal) constituído pelo agrupamento de tipos de vegetação contíguos e identificáveis em escala regional, com condições climáticas e de solo similares e história compartilhada de mudanças)

Os biomas segundo o IBGE:

Bioma da Amazônia,

Bioma do Cerrado,

Bioma da Caatinga,

Bioma da Mata Atlântica,

Bioma do Pantanal,

Bioma do Pampa

Bioma Segundo a OGN The Nature Conservancy (Conservação da Natureza): Bioma é uma grande comunidade que está adaptada às condições ecológicas (clima, solos, trocas de energia, umidade, etc,) de cada região que ocupa grande extensão geográfica e é composto por todos os vegetais e animais em diferentes estágios de evolução.

Os biomas segundo a Ong TNC (The Nature Conservancy), são sete biomas mais três biomas de transição (ecótono)

Bioma da Amazônia,

Bioma do Cerrado,

Bioma da Caatinga,

Bioma da Mata Atlântica,

Bioma do Pantanal,

Bioma do Pampa

Bioma Costeiro

ECÓTONO: São áreas de transição entre dois ou mais biomas; neles há uma mescla de características desses biomas.

Ecótonos brasileiros:

Cerrado-Caatinga

Caatinga-Amazônia

Cerrado-Amazônia

OUTRO CONCEITO DE BIOMA: É um amplo conjunto de ecossistemas terrestres caracterizado por um tipo principal de vegetação. Em outras palavras, biomas são as grandes formações vegetais encontradas nos diferentes continentes.

Fatores para distribuição dos biomas:

Fatores climáticos (temperatura e umidade),

Edáficos (solos)

Latitude, que influencia a quantidade de energia solar recebida ao longo do ano.

Os vários tipos de vegetação encontradas em um mesmo bioma é devido:

Ao solo,

Ao relevo à disponibilidade de água

Ação humana,

Há cinco (05) grandes biomas no planeta eles são:

Grande bioma das florestas,

Grande bioma das savanas,

Grande bioma das gramíneas,

Grande bioma dos desertos

Grande bioma das tundras.

O Bioma da Amazônia possui uma área aproximada de 4.196.943 km2 e ocupa 49,29% da área total doBrasil.

O Bioma do Cerrado possui uma área aproximada de 2.036.448 km2 e ocupa 23,92% da área total do Brasil.

O Bioma da Caatinga possui uma área aproximada de 844.453 km2 e ocupa 9,92% da área total do Brasil.

O Bioma da Mata Atlântica possui uma área aproximada de 1.110.182 km2 e ocupa 13,04% da área total do Brasil.

O Bioma do Pantanal possui uma área aproximada de 150.355km2 e ocupa 1,76% da área total do Brasil

O Bioma do Pampa possui uma área aproximada de 176.496 km2 e ocupa 2,07% da área total do Brasil.

A Amazônia é o maior bioma brasileiro em e ocupa quase metade do território nacional (49,29%).

Tem área, de aproximadamente 6,5 milhões de quilômetros quadrados,

Tem a maior rede hidrográfica do planeta, que escoa 1/5 do volume de água doce do mundo.

É a maior reserva de diversidade do mundo.

A Bacia Amazônica ocupa 5% da superfície terrestre e 2/5 da América do Sul

60% da Amazõnia encontra-se em território brasileiro.

Os 40% restantes distribuídos entre países vizinhos da América do Sul.

O bioma Amazônia ocupa a totalidade de cinco unidades da federação (Roraima, Pará, Acre, Amapá e Amazonas) e parte de Estados vizinhos.
O bioma Cerrado ocupa a totalidade do Distrito Federal, mais da metade dos estados de Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Tocantins, além de porções de outros seis Estados.
O bioma Mata Atlântica abrange inteiramente três Estados - Espírito Santo, Rio de Janeiro e Santa Catarina  e 98 % do Paraná, além de porções de outras 11 Unidades da Federação.

O bioma Caatinga se estende pela totalidade do estado do Ceará e por mais de metade da Bahia, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte. Ocupa, ainda, quase metade de Alagoas e Sergipe, além de pequenas porções de Minas Gerais e do Mara,.

O bioma Pampa se restringe ao Rio Grande do Sul e ocupa 63%  território do Estado.

O bioma Pantanal está presente em dois Estados: ocupa 25% do Mato Grosso do Sul e 7% do Mato Grosso'

Vários biomas brasileiros correm sérios riscos ambientais e que alguns tipos de vegetação que antigamente cobriam vastas áreas atualmente são encontram muito Antropizada.

Área Antropizada: É aquela área (vegetação/biomas) que são muito modificadas pela ação do homem.

Devido a grande quantidade de área antropizadas, os governos federal, estadual e municipal criaram as unidades de conservação.

A criação das unidades de conservação contou com o apoio das comunidades locais, de pesquisadores (geógrafos, biólogos, ecologistas, etc.) e de ONGs, como a SOS Mata Atlântica, The Nature Conservancy (TNC) e o Greenpeace.

Existem hoje no Brasil diversas áreas destinadas à proteção dos inúmeros ecossistemas presentes em nosso território.

As ONGs são formadas por pessoas que não fazem parte de qualquer governo.

ONGs São entidades sem fins lucrativos, ou seja, comerciais e tratam de assuntos de in-teresse da humanidade, tais como: pobreza, preservação do meio ambiente, defesa de espécies em extinção, etc.

A natureza é vista como um patrimônio a ser resguardado da ação antrópica.

Baseado na Constituição Brasileira de 1988 foi estabelecido que em todas as Unidades da Federação, espaços territoriais, para que seus ecossistemas fossem protegidos por lei. Esses espaços são chamados de Unidades de Conservação,

As finalidades ou objetivos de uma Unidade de Conservação:

Proteção dos recursos hídricos;

Preservação, manutenção e restauração da biodiversidade;

Proteção das espécies, principalmente aquelas endêmicas e em risco de extinção;

Incentivo ao uso sustentável dos recursos naturais;

Gerenciamento equilibrado dos recursos da fauna e da flora.

Biopirataria: é a apropriação de animais, plantas e conhecimentos tradicionais principalmente das culturas indígenas, para fins de exploração comercial sem o consentimento ou controle do país de origem e das comunidades locais e sem a repartição justa e equitativa de benefícios oriundos destas apropriações.

FONTE:
LIVRO POSITIVO, 4º VOLUME, 5ªSERIE/6ºANOPÁG. 2 - 17./GEOGRAFIA - 2010.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATIVIDADE CLIMA 1º ANO