quinta-feira, 21 de julho de 2016

1º ANO CAMADAS DA ATMOSFERA


CAMADAS DA ATMOSFERA

TROPOSFERA

É a camada mais importante para o ser humano por ser a mais próxima  da superfície;
É nela que ocorre os fenômenos meteorológicos como as precipitações, ventos, formação de nuvens, etc.
Estende-se até 10 km de altitude nos polos e 20 km de altitude no Equador;
Tem concentrado aproximadamente 75% dos gases que compõem a atmosfera;
A maior parte do vapor d’água concentra-se nos 4000 metros iniciais.
A temperatura da troposfera diminui 6ºC a cada 1 quilômetro (1000 metros) de altitude;
A TROPOSFERA é aquecida de baixo para cima, pois o calor vindo do sol aquece primeiro as superfícies sólidas e líquidas;

A Diminuição de 6,5° C na temperatura a cada 1 quilômetro de altitude, chama se GRADIENTE TÉRMICO;



ESTRATOSFERA

Vai dos 12 km até 50 km de altitude e sua largura média de 38 km;
Suas temperaturas são baixa ficam entre –50ºC e –100ºC;
Nesta camada localiza-se a camada de ozônio;
A camada de ozônio tem como função filtrar os raios ultravioletas do sol UVA e UVB;
A camada de ozônio é prejudicada pela ação dos gases CFC e  HCFC, sendo o CFC o mais prejudicial;

MESOSFERA

Situa-se entre 50 e 80 km de altitude;
É nesta camada que ocorre a destruição das partículas metálicas e rochosas vindas do espaço;
A parte superior desta camada é mais fria próxima de –100ºC;
A parte mais baixa desta camada é mais quente;

TERMOSFERA

Inicia a partir dos 80 km e seu topo está próximo dos 450 km de altitude;
É a camada mais quente da atmosfera, pois sua temperatura pode chegar aos 2000ºC;
É nesta camada que situa-se a maior parte dos satélites artificiais;

EXOSFERA

É a parte mais externa da atmosfera;
Nesta camada os gases são mais rarefeitos e perdem constantemente moléculas para o espaço.

IONOSFERA

Situa-se entre 80 e 900 km de altitude;
Sua principal característica e refletir as ondas de rádio para superfície para serem captadas pelos receptores.
Nesta camada ocorrem os fenômenos luminosos como a aurora boreal e austral.

PRINCIPAIS FUNÇÕES DA ATMOSFERA

Proteção é uma das funções da atmosfera:

proteger de que?

- Dos raios ultravioletas do sol UVA e UVB, este raios provocam doenças como câncer de pele, cegueira e catarata;
- Dos meteoritos, pequenos fragmentos de rochas espaciais

Manter a temperatura da superfície do planeta estável, ou seja, agradável ao ser humano.

BALANÇO ENERGÉTICO DA ATMOSFERA

De 100% da energia que entra no planeta 51% chega à superfície e aquecer o nosso planeta;
Ocorre o seguinte:
30% da radiação solar se perdem por reflexão ou espalhamento para o espaço;
19% da radiação solar são absorvidas pelas nuvens;
25% da radiação solar chegam diretamente a superfície;
26% da radiação solar chegam de forma indireta é difundida pela atmosfera.
Albedo: é nível de reflexão da radiação solar que cada região apresenta.
Exemplo: Nos polos o Albedo é maior que no equador devido ao fato de nos polos a predominância da cor branca provocar maior reflexão.
Como no equador predomina uma cor mais escura, isto promove maior absorção da radiação solar e por consequência menor Albedo.

EFEITO ESTUFA

Efeito Estufa: é a propriedade que atmosfera tem de reter calor em nosso planeta.
O Efeito Estufa é provocado pelos gases presentes em nossa atmosfera que tem como característica absorver calor;
Estes gases são: Dióxido de Carbono, Metano, Óxidos Nitrosos, Ozônio e Vapor D’água.
Aquecimento Global: É o aumento da temperatura média do planeta verificado nos últimos 100 anos e que é ruim para humanidade.


terça-feira, 19 de julho de 2016

7º ANO - INFRAESTRUTURA BRASILEIRA


7º ANO - INFRAESTRUTURA BRASILEIRA (PÁGINA 25  ATÉ 37, POSITIVO VOLUME 3)

TRANSPORTE

01. Por que a infraestrutura de um país tem que está bem distribuída pelo seu território? E por que deve ser bem planejada nos países de grande território?

02. Por que o transporte rodoviário, no Brasil, é um problema de infraestrutura? Por que ele teve maior preferência em nosso país?

03. Quais os outros modais de transporte de carga disponíveis no Brasil? Como é este tipo de transporte em países de Infraestrutura mais desenvolvida?

04. Qual o motivo que provocou ampliação no uso do transporte aéreo de passageiro em nosso país?

05. Por que os modais de transporte mais modernos necessitam de maiores investimentos?

06. Por que o setor de transporte é tão importante para um país?

07.  Em relação ao setor de transporte, o que é necessário para que o  Brasil se desenvolva?

ENERGIA

08. Por que a energia mais barata é boa para a população?

09. Como podemos explicar energia?

10. Cite as fontes de energia mais usadas na matriz energética brasileira.

11. O que é fonte de energia renovável e não renovável? Dê exemplos de cada tipo.

12. Qual o tipo de energia que mais cresce nas últimas décadas?

13. Quais os maiores consumidores de petróleo do mundo?

14. O Brasil produz a quantidade de petróleo que necessita? O pré-sal vai nos ajudar a melhorar esta condição?

15. Por que o gás natural é menos poluente que o petróleo? E em que ele é muito usado? de onde vem o gás natural usado em nosso país?

16. O que são gasodutos?

17. Sobre o carvão mineral responda:

a) Desde quando ele é usado?

b) Em que ele é usado no Brasil?

18. Por que a biomassa é uma fonte de energia importante?

19. Explique o Proálcool.

20. Por que o consumo dos biocombustíveis tem aumentado no Brasil?

21. De onde vem a maior parte da energia que consumimos?



22. Explique o por que a indústria faz parte da infraestrutura.

segunda-feira, 18 de julho de 2016

CURSO OPÇÃO - AULÃO GEOGRAFIA


CORREÇÃO DAS QUESTÕES

01. Marque V (Verdadeiro) ou F (Falso) para as assertivas que seguem:
(  V  ) A União Europeia (UE) foi criada no ano de 1991, a partir do Tratado de Maastricht, e implementada em 1993. Reúne, atualmente, 25 países do continente europeu. O seu nível de integração a configura como uma União Política, Econômica e Monetária.
(  V  ) O MERCOSUL (Mercado Comum do Sul) surgiu em 1991, agregando quatro países da América do Sul: Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai. Quando implementado, o seu nível de integração era apenas de uma Zona de Livre Comércio e União Aduaneira. Atualmente, possui status de Mercado Comum.
(  F  ) O NAFTA (Acordo de Livre Comércio da América do Norte) foi criado em 1988 com o objetivo de estreitar os laços políticos econômicos entre EUA, Canadá e México. Assim, o nível de integração desse bloco seria de um Mercado Comum.
(  V   ) A APEC (Cooperação Econômica da Ásia e do Pacífico) configura-se como uma Zona de Livre Comércio, a maior de que se tem notícia. São 20 países-membros, sendo todos do continente asiático e/ou banhados pelo Oceano Pacífico.

RESPOSTA:
VERDADEIRO – A União Europeia é o bloco econômico que melhor expressa um projeto de organização e integração regional, englobando todos os níveis de integração: Zona de Livre Comércio, União Aduaneira, Mercado Comum e União Política, Econômica e Monetária. O euro é a moeda adotada por esse bloco.
VERDADEIRO – Alguns países, como Chile, Bolívia e Peru têm o status de membros associados. Apesar de certas discrepâncias econômicas entre os países-membros, o objetivo desse bloco econômico é a unificação nos moldes da União Europeia.
FALSO – O NAFTA é uma Zona de Livre Comércio criada somente para facilitar as trocas comerciais entre Estados Unidos e Canadá, porém, um ano depois, o México foi incluído no grupo.
VERDADEIRO – Esse bloco foi criado somente para facilitar as trocas comerciais entre os países-membros. São eles: Brunei, Indonésia, Japão, Malásia, Filipinas, Cingapura, Coreia do Sul, Tailândia, China, Taiwan, Papua Nova Guiné, Rússia e Vietnã (do continente asiático); Austrália, Canadá, Estados Unidos, México, Chile e Peru (banhados pelo Oceano Pacífico).

02. Os blocos econômicos podem se diferenciar conforme os acordos estabelecidos pelos países integrantes, podendo ser Zona de livre comércio, União aduaneira, Mercado comum, União econômica e monetária. Nesse sentido, marque (V) para as características verdadeiras das vertentes dos blocos econômicos e (F) para as falsas.
( F ) Na União aduaneira é permitida a livre circulação de pessoas entre os países membros, como por exemplo, na União Europeia.
( V ) A União econômica e monetária consiste no estágio mais avançado dos blocos econômicos, se caracterizando pela eliminação das tarifas alfandegárias, livre circulação de capitais, serviços e pessoas, além da utilização de uma moeda única.
( V ) A Zona de livre comércio é o tipo de bloco mais restrito, estabelecendo somente a redução e/ou eliminação das barreiras fiscais. Exemplo: Acordo de Livre Comércio da América do Norte (NAFTA).
( V ) O Mercado comum se caracteriza pela redução e/ou eliminação das barreiras alfandegárias, além de possibilitar a livre circulação de pessoas e capitais. Não é utilizada a moeda única entre os países integrantes.
( F ) A União econômica e monetária se limita à redução de barreiras fiscais, não permitindo a livre circulação de capitais.

RESPOSTA:
Falso – A União aduaneira é um tipo de bloco econômico onde é estabelecida a redução e/ou eliminação das tarifas comerciais, além de regulamentar o comércio do bloco com nações que não integram o bloco econômico. Não é permitida a livre circulação de pessoas entre os países membros. A União Europeia está em um estágio mais avançado que o oferecido pela União aduaneira.
Verdadeiro – A União econômica e monetária é, atualmente, o estágio máximo que os blocos econômicos podem oferecer. Entre as principais características estão: utilização da moeda única, livre circulação de pessoas, serviços e capitais. Exemplo: União Europeia.
Verdadeiro: Na Zona de livre comércio só é estabelecido entre os países integrantes a redução e/ou eliminação das tarifas alfandegárias, não sendo permitido a livre circulação de pessoas. O Nafta é um exemplo desse tipo de bloco econômico.
Verdadeiro – No mercado comum, os países membros estabelecem acordos que permitem a redução e/ou eliminação das tarifas, a livre circulação de capitais, serviços e pessoas. Não é utilizada a moeda única entre as nações do bloco.
Falso – A União econômica e monetária é um tipo de bloco econômico que estabelece a redução e/ou eliminação das tarifas comercias, a livre circulação de pessoas e capitais e a adoção da moeda única.

03. O que mais há na Terra é paisagem (...) Não faltam cores a esta paisagem (...) Tem épocas do ano em que o chão é verde, outras, amarelo, e depois castanho ou negro.” O Brasil apresenta a maior parte de suas terras na zona intertropical da Terra, o que resulta em climas que não apresentam as quatro estações definidas. Foge a essa consideração apenas o clima:
a) Equatorial           
b) Tropical de altitude      
c) Temperado           
d) Desértico            
e) Tropical litorâneo
RESPOSTA - C
Os climas apresentam características próprias de acordo com sua latitude, climas de baixas latitudes são quentes, por sua vez os de médias latitudes são os temperados e subtropicais, esses apresentam como característica principal ter bem definidas as quatros estações. Já os climas de elevadas ou alta latitudes são os mais frios (glacial ou polar).

04. Considere as seguintes afirmações sobre os grandes tipos climáticos do planeta.
I. A repetição de determinados tipos de tempo atmosféricos permite a identificação de grandes tipos climáticos.
II. A Zona Intertropical é dominada pela presença dos climas quentes que se distinguem devido à quantidade e à distribuição das chuvas.
III. As Zonas Temperadas exibem ampla diversidade de condições climáticas, a exemplo dos contrastes sazonais de temperaturas do clima temperado ou das baixas precipitações que distinguem o clima semiárido das latitudes temperadas. É correto o que se afirma
a) apenas em I.           
b) apenas em II.          
c) apenas em I e II.        
d) apenas em II e III.    
e) em I, II e III.
 RESPOSTA – C
ZONA INTERTROPICAL
Situa-se entre os Trópicos de Capricórnio e de Câncer. Tem a maior temperatura e pluviosidade da Terra. Sua grande luminosidade resulta em fauna e flora variadas, concentrando a maior biodiversidade do mundo. Nela estão as florestas tropicais (como a Mata Atlântica) e equatoriais (como a do Congo e a da Amazônia).

05. As características descritas abaixo fazem referência a um único tipo de clima brasileiro. Analise-as e responda a qual tipo de clima elas estão se referindo.
Temperaturas médias elevadas ao longo do ano.
Baixa precipitação anual e chuvas mal distribuídas.
a) Clima Tropical               
b) Clima Semiárido    
c) Clima Equatorial   
d) Clima Subtropical  
e) Clima Tropical Úmido      
RESPOSTA – C
CARACTERÍSTICAS DOS CLIMAS DOS BRASIL.
O CLIMA EQUATORIAL:
Este clima é úmido e apresenta temperaturas elevadas;
A grande umidade promove a grande quantidade de rios caudalosos nesta região;
Há ocorrência da evapotranspiração da cobertura florestal amazônica, isto é, a transpiração da vegetação;
É um clima úmido e quente é marcada pela baixa  amplitude térmica;
As médias anuais da temperatura variam entre 24°C e 27°C;
As médias pluviométricas são altas superiores a 2 500 mm anuais;
A estação seca é curta;
É uma região de calmaria, devido ao encontro dos alísios do Hemisfério Norte com os do Sul;
O principal tipo de chuvas é o de convecção.

CLIMA TROPICAL SEMIÁRIDO

As temperaturas médias são elevadas, ou seja, superiores a 20°C.
A principal característica desse tipo de clima é a baixa pluviosidade (precipitação) anual e chuvas mal distribuídas.
As médias pluviométricas anuais são inferiores a 1 000 mm.
O clima tropical semiárido abrange o Sertão Nordestino, área de ocorrência do bioma da Caatinga nos estados do CE, parte do RN, PB, PE, SE. AL, BA, sul e leste do PI e extremo norte de MG.
Os solos dessa área são rasos e pedregosos.

CLIMA TROPICAL LITORÂNEO ÚMIDO
Abrange parte do litoral brasileiro – Nordeste e Sudeste
As duas principais estações são verão (chuvoso) e inverno (menos chuvoso), com elevadas temperaturas ao longo de todo o ano;
Apresenta médias anuais de temperatura entre 18°C e 26°C;
Apresenta índices pluviométricos superiores a 1 300 mm anuais.
É um clima quente e úmido;
Neste clima ocorrem os bioma Costeiro e da Mata Atlântica;

CLIMA TROPICAL OU TROPICALCONTINENTAL

As temperaturas médias são superiores a 20°C.
O índice médio anual de chuvas é elevado, entre 1 000 e 1500 mm anuais;
Este clima abrange os estados de MG,GO, parte de SP, MS, MT, PR, MA, PI, CE e o TO.
É O clima mais representativo do Brasil, por isso chamado de tropical típico. Abrange áreas das regiões Centro-Oeste, Nordeste, Norte e Sudeste. A existência de duas estações bem definidas:

Verão: estação chuvosa, provocada pela massa de ar equatorial continental (mEc) e pela massa tro­pical atlântica (mTa).
Inverno: estação seca
No inverno a mEc se re­trai, deixando espaço para a atuação de outras mas­sas de ar como a massa de ar polar atlântica (mPa) e a tropical conti­nental (mTc).
A mPa aproveita o corredor formado pelas terras mais baixas da região Centro-Oeste e atinge a porção sul da Amazônia, quando a tempe­ratura pode chegar a 10Cº (fenômeno da friagem).
 Amplitudes térmicas anuais elevadas devido à in­fluência da continentalidade.

CLIMA SUBTROPICAL ÚMIDO
O clima subtropical úmido é típico do sul do Brasil, onde existe a ocorrência de fortes chuvas.
No inverno, a massa de ar polar atlântica é muito ativa, dando origem às chuvas frontais com precipitações, devido ao encontro da massa de ar quente com a massa de ar frio.
O índice médio anual de chuvas é elevado, entre 1 500 e 2000 mm anuais;
As chuvas são bem distribuídas durante todo o ano.
As temperaturas médias ficam em torno de 18°C. 
Os campos sulinos, a mata de araucárias e parte da mata atlântica ocorrem em área de clima subtropical úmido.


06. Relacione as colunas.
(1) Ilha de calor
(2) Inversão térmica
(3) Chuva ácida
(4) Zona de convergência intertropical
( 2 ) É um fenômeno meteorológico que provoca grandes danos à saúde da população urbana, em decorrência dos poluentes que ficam retidos nas camadas baixas da atmosfera.
( 4  ) É um dos mais importantes sistemas meteorológicos que atuam nos trópicos. Ela é parte integrante da circulação geral da atmosfera.
( 1  ) Corresponde ao aumento da produção de calor na área urbana. É resultante da vegetação escassa, do excesso de concreto e asfalto.
( 3  ) Produzida por gotas de água carregadas de ácidos, resultantes dos resíduos poluentes depositados na atmosfera pelas indústrias, automóveis etc. Esses resíduos entram em reação química com água formando o ácido sulfúrico, os quais se precipitam em forma de chuva. A alternativa que apresenta a sequência correta é:
ILHA DE CALOR é um fenômeno climático que ocorre a partir da elevação da temperatura de uma área urbana se comparada a uma zona rural, por exemplo. Isso quer dizer que nas cidades, especialmente nas grandes, a temperatura é superior a de áreas periféricas, consolidando literalmente uma ilha (climática). A oscilação de temperatura entre o centro de uma grande cidade e uma zona rural pode variar entre 4°C, 6°C ou até mesmo 11°C; o que proporciona muitos inconvenientes à população em virtude dos incômodos que o calor excessivo.
INVERSÃO TÉRMICA é um fenômeno meteorológico típico dos centros urbanos industriais, que ocorre quando uma camada de ar frio, posicionada sobre uma cidade industrial, é repentinamente encoberta por uma camada de ar quente, que a aprisiona.  Um grande agravante da inversão térmica é que a camada de ar fria fica retida nas regiões próximas à superfície terrestre com uma grande concentração de poluentes. Sendo assim, a dispersão desses poluentes fica extremamente prejudicada, formando uma camada de cor cinza, oriunda dos gases emitidos pelas indústrias, automóveis, etc
CHUVA ÁCIDA é um dos grandes problemas ambientais da atualidade. Esse fenômeno é muito comum nos centros urbanos e industrializados, onde ocorre apoluição atmosférica decorrente da liberação de óxidos de nitrogênio (NOx), dióxido de carbono (CO2) e do dióxido de enxofre (SO2), sobretudo pela queima do carvão mineral e de outros combustíveis de origem fóssil.
ZONA DE CONVERGÊNCIA INTERTROPICAL (ZCIT) OU ITCZ, em inglês (Intertropical Convergence Zone), é a área que circunda a Terra, próxima ao equador, onde os ventos alísios se encontram, tanto no hemisfério norte quanto no hemisfério sul.

07. Em relação aos tipos climáticos encontrados no Brasil, a afirmação errada é:
a) O clima equatorial apresenta elevados índices pluviométricos e temperaturas médias acima de 22 °C.
b) O clima da costa oriental do Nordeste apresenta chuvas mais abundantes nos meses de inverno.
c) O clima tropical com chuvas de verão e invernos secos ocorre em grande parte do território brasileiro.
d) O clima subtropical apresenta pequenas amplitudes térmicas e chuvas concentradas no verão.
e) O clima semiárido apresenta baixos índices pluviométricos e grande irregularidade na distribuição das chuvas.
RESPOSTA C

08 Leia com atenção os itens abaixo sobre massas de ar:

I - A mEc atua o ano inteiro no Brasil provocando elevados índices de chuva.
II - A mEc é a principal responsável pela escassez de chuva no interior do Nordeste.
III - A mTa exerce grande influência sobre a área litorânea do Brasil.
IV - A mEa atua principalmente no Sul do Brasil.
V - A mPa, fria e úmida, penetra no Brasil em forma de frente, atingindo principalmente o interior do Nordeste.
De acordo com a leitura, identifique a resposta certa:
RESPOSTA.

mPa: Massa de ar polar Atlântica
Esta massa de ar é fria e úmida, nasce na Patagônia próximo da Antártida e age principalmente na região Sul do Brasil durante o inverno.

mTc: Massa de ar tropical Continental
Esta massa de ar é quente e seca e nasce na região do Chaco, fronteira entre Paraguai, Bolivia, Argentina e Brasil ( sul do Pantanal).

mTa: Massa de ar tropical Atlântica
Esta massa de ar é quente e úmida e nasce sobre o Oceano Atlântico e influencia o litoral e no interior brasileiro.

mEa: Massa de ar equatorial Atlântica
Esta massa de ar é quente e úmida e nasce sobre o Oceano Atlântico Norte, age sobre o litoral da Amazônia e do estado do Maranhão.

mEc: Massa de ar Equatorial Continental.
Esta massa de ar é quente e úmida e nasce no sul da Amazônia e durante o verão atua em grande parte do território brasileiro.

09.  (ENEM). Nos últimos 50 anos, as temperaturas de inverno na Península Antártica subiram quase 6ºC. Ao contrário do esperado, o aquecimento tem aumentado a precipitação de neve. Isso ocorre porque o gelo marinho, que forma um manto impermeável sobre o oceano, está derretendo devido à elevação de temperatura, o que permite que mais umidade escape para a atmosfera. Essa umidade cai na forma de neve. Logo depois de chegar a essa região, certa espécie de pinguins precisa de solos nus para construir seus ninhos de pedregulhos. Se a neve não derrete a tempo, eles põem seus ovos sobre ela. Quando a neve finalmente derrete, os ovos se encharcam de água e goram. Scientific American Brasil, ano 2, n. 21, 2004, p. 80 (com adaptações). A partir do texto acima, analise as seguintes afirmativas:
I. O aumento da temperatura global interfere no ciclo da água na Península Antártica.
II. O aquecimento global pode interferir no ciclo de vida de espécies típicas de região de clima polar.
III. A existência de água em estado sólido constitui fator crucial para a manutenção da vida em alguns biomas.
RESPOSTA.  TODAS ESTÃO CORRETAS

10. O aquecimento global é o maior, mas não é o único responsável pelas mudanças climáticas pelas quais o planeta tem passado. Entre esses fenômenos, podemos destacar:
a) o El Niño e o La Niña.
b) o comportamento das chuvas e das temperaturas.
c) as chuvas ácidas e as Ilhas de calor.
d) os ventos alísios e a falta de áreas verdes.
e) o El Niño e as chuvas ácidas.
RESPOSTA - A
EL NIÑO é um fenômeno atmosférico-oceânico caracterizado por um aquecimento anormal das águas superficiais no Oceano Pacífico Tropical. Altera o clima regional e global, mudando os padrões de vento a nível mundial, afetando assim, os regimes de chuva em regiões tropicais e de latitudes médias (temperada).
LA NIÑA também um fenômeno oceânico-atmosférico, mas com características opostas ao El Niño. Caracteriza-se por um esfriamento anormal nas águas superficiais do oceano Pacífico Tropical, alterando o clima regional e global, mudando os padrões de vento a nível mundial, afetando assim, os regimes de chuva em regiões tropicais e de latitudes médias.