segunda-feira, 1 de setembro de 2014

ATIVIDADE 3º ANO – QUESTÕES AMBIENTAIS.


01. “A relação intrínseca que existe entre os assentamentos urbanos e o seu suporte físico sempre provocou impactos, negativos ou positivos. As mudanças nos padrões produtivos e nas dinâmicas populacionais alteram a natureza desses impactos e, consequentemente, as condições socioambientais das aglomerações urbanas.” (SILVA, L. S.; TRAVASSOS, L. Problemas ambientais urbanos: desafios para a elaboração de políticas públicas integradas. Cadernos metrópole, 19, 2008. p. 28). vAssinale a alternativa que indica uma mudança nos padrões produtivos que contribuiu para a intensificação dos problemas ambientais urbanos:
a) Desenvolvimento das sociedades agrícolas
b) Revolução Industrial
c) Intensificação da prática do turismo
d) Flexibilização do trabalho
e) Promoção de políticas assistencialistas

02. A definição de desenvolvimento sustentável mais usualmente utilizada é a que procura atender às necessidades atuais sem comprometer a capacidade das gerações futuras. Isso significa optar pelo consumo de bens produzidos com tecnologia e materiais menos ofensivos ao meio ambiente, utilização racional dos bens de consumo, evitando-se o desperdício e o excesso e ainda, após o consumo, cuidar para que os eventuais resíduos não provoquem degradação ao meio ambiente. Principalmente: ações no sentido de rever padrões insustentáveis de consumo e minorar as desigualdades sociais. O Brasil está em uma posição privilegiada para enfrentar os enormes desafios que se acumulam. Abriga elementos fundamentais para o desenvolvimento: parte significativa da biodiversidade e da água doce existente no planeta; grande extensão de terras cultiváveis. De acordo com esta definição, o desenvolvimento sustentável pressupõe:
a) definir os critérios e instrumentos de avaliação do custo-benefício e os efeitos socioeconômicos e os valores reais do consumo e da preservação.
b) a redução do consumo das reservas naturais com a consequente estagnação do desenvolvimento econômico e tecnológico;
c) a preservação do equilíbrio global e do valor das reservas de capital natural, o que não justifica a desaceleração do desenvolvimento econômico e político de uma sociedade;
d) a distribuição homogênea das reservas naturais entre as nações e as regiões em nível global e regional.
e) traçar um novo modelo de desenvolvimento econômico para nossa sociedade com o uso racional dos recursos naturais disponíveis e indisponíveis.

03. As afirmativas que seguem estão relacionadas à Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, realizada no Rio de Janeiro em junho de 2012. Sobre o tema, assinale a opção correta.
a) Analisando o período de vinte anos entre a Eco 92 e a Rio+20, representantes dos países em diferentes estágios de desenvolvimento foram unânimes em reconhecer os sensíveis avanços no uso racional dos recursos naturais, na erradicação da pobreza, na redução das diferenças sociais e econômicas, na utilização de energias limpas e na redução da emissão de gases de efeito estufa.
b) Em meio à severa crise da economia mundial, especialmente dos países do Euro, os governantes dos países desenvolvidos tomaram atitudes decisivas e rápidas quanto ao estabelecimento de cotas de participação financeira, que visem    fomentar a recuperação do meio ambiente como forma de resgatar a economia dos países em crise.
c) A Conferência da ONU denominada Rio+20 discutiu temas para o futuro e produziu uma declaração intitulada “O Futuro que queremos”, preocupada em atingir uma economia sustentável que busque reduzir a degradação do meio ambiente, que combata a pobreza e assegure a produção de alimentos para todos.
d) Os países em desenvolvimento reunidos na Rio+20 regulamentaram a adoção de áreas de preservação nas margens dos rios, decidindo que essa medida deve ser aplicada apenas aos rios de grande porte e em grandes propriedades.
e) A Rio+20 teve o grande mérito de ratificar o Protocolo de Kyoto (1997), assegurando a adesão de todos os principais países poluidores na meta de redução dos níveis de emissão de gases poluentes.

04. É comum um telefone celular ir ao lixo com menos de oito meses de uso ou uma impressora nova durar apenas um ano. Em 2005, mais de 100 milhões de telefones celulares foram descartados nos Estados Unidos. Uma CPU de computador, que nos anos 1990 durava até sete anos, hoje dura dois anos. Telefones celulares, computadores, aparelhos de televisão, câmeras fotográficas caem em desuso e são descartados com uma velocidade assustadora. Bem-vindo ao mundo da obsolescência planejada”. Fonte: Revista Fórum, número 74, setembro de 2013. A partir da leitura do texto acima, assinale a alternativa correta.
a) A obsolescência de que fala o texto é o resultado de um modelo de consumo e de crescimento irracional, que leva a não sustentabilidade ambiental.
b) A mudança dos bens de consumo citados é um processo natural, decorrente do crescimento econômico e do aumento do poder aquisitivo da população.
c) A obsolescência é planejada pelos próprios consumidores, que detêm o controle do consumo, bem como do padrão de qualidade dos produtos consumidos.
d) O padrão de sociedade citado é a “sociedade de consumo”, que teve seu início na sociedade americana com o “american way of life” e cujo modelo se espalhou pelo mundo, atingindo todos os países.

05. Reaproveitar resíduos orgânicos é bom tanto para quem o transforma em adubo quanto para quem protege a saúde do planeta e da humanidade. (...) A relação custo-benefício desse reaproveitamento, tanto em residências individuais quanto em condomínios e empresas, é positiva não apenas levando-se em conta o futuro do meio ambiente, mas pensando no retorno imediato para a saúde humana. Dados de 2011 mostram que, só no estado do Paraná, os resíduos orgânicos são formados por mais de 50% do lixo doméstico, sendo este descartado em aterros ou lixões. Porém, somente entraram nessa estatística os aterros licenciados para receber resíduos sólidos urbanos. Disponível em: . Acesso em: 25 jul. 2013. Adaptado. Das possibilidades de reaproveitamento de rejeitos orgânicos caseiros e de empresas, destaca-se o processo de:
a) nitrogenação do solo.
b) compostagem de resíduos alimentares.
c) produção de adubos químicos.
d) reaproveitamento de cálcio e fosfato.
e) compostagem de resíduos alimentares.

06. Nos jornais em todo o mundo, cotidianamente a palavra crise está presente e associada à economia. Várias reuniões de lideranças mundiais são realizadas para discutir a crise econômica e, nelas, a questão ambiental é geralmente tratada com menor profundidade com que se discutem os problemas econômicos. Um dos grandes desafios para diminuir o peso da crise ambiental é:
 a) difundir, em escala global, os hábitos de consumo que estão presentes nos países tradicionalmente desenvolvidos.
b) controlar a natalidade nos países mais pobres e emergentes de modo a retardar a chegada dos 8 bilhões de habitantes previstos para 2015.
c) promover a desconcentração espacial das populações que vivem nos vales fluviais onde há forte pressão sobre os recursos naturais.
d) expandir modelos econômicos neoliberais que concretizem ações voltadas à educação ambiental nos países pobres.
e) desenvolver pesquisas de novas tecnologias para incentivar o uso de recursos naturais menos susceptíveis ao esgotamento.

07. O consumo de energia no mundo está resumido em sua grande maioria às fontes de energias tradicionais, como petróleo, carvão mineral e gás natural. É provável que essas fontes venham a ser trocadas no futuro por serem consideradas poluentes e não renováveis. Leia as afirmativas a seguir com relação à questão energética brasileira:
I. Em 2001 e 2002, o país passou por uma séria crise energética que teve como consequência imediata o “apagão”. O “apagão” foi motivado, entre outros fatores, pela falta de planejamento e ausência de investimentos em geração e distribuição de energias, e foi agravado pela escassez de chuvas.
II. O Brasil tem uma enorme gama de fontes de energia que são pouco exploradas, como a energia eólica e a por biomassa. Historicamente os governos têm investido com maior ênfase em outras fontes de energias, como o álcool.
III. O interesse pelo carvão mineral, cujas maiores jazidas se encontram na Região Sul, só surgiu após a crise energética mundial de  1972, entretanto o carvão dessa região é de baixa qualidade e possui grande teor de cinzas, não sendo apropriado para o uso em siderurgia.
IV. O gás natural empregado como combustível em indústrias, casas e automóveis está sendo transportado da cidade de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, em direção à cidade gaúcha de Canoas. O objetivo do governo brasileiro é aumentar o consumo energético do gás natural no país.
Lendo as afirmativas acima, é correto afirmar que:
a) todas são verdadeiras.
b) apenas I e III são verdadeiras.
c) apenas II e IV são verdadeiras.
d) apenas I e II são verdadeiras.
e) nenhuma é verdadeira.

08. Leia o texto.
Brasil deve assumir liderança sobre os biocombustíveis, diz ex-presidente dos EUA. Agência Brasil
“O ex-presidente dos Estados Unidos, Bill Clinton, afirmou hoje (01/06/2009) em São Paulo que o Brasil deve assumir a liderança quando o assunto é biocombustíveis. “Vocês têm a capacidade e tecnologia para estar à frente em um próximo passo”, disse Clinton durante palestra para estudantes da Universidade Anhembi Morumbi.
Clinton destacou que o país foi um dos mais eficazes a responder as questões sobre como enfrentar o aquecimento global. “O álcool é 30% mais eficiente que a gasolina", disse. Segundo ele, o fato de São Paulo ser a primeira cidade da América Latina a usar ônibus elétricos é uma prova da liderança brasileira.
Clinton afirmou ainda que o Brasil “deve dividir seus conhecimentos e tecnologias com o resto do mundo". Para o ex-presidente dos Estados Unidos, "este é o momento dos países pensarem em estratégias para a produção, o transporte e a eletricidade sustentável.” Fonte: (http://www.agenciabrasil.gov.br/noticias/2009/06/01/materia.2009-06-01.0736617774/view, acesso em 15/07/2009)
Sobre os biocombustíveis, analise as opções e assinale a incorreta.
a) Os biocombustíveis poluem menos por emitirem menos compostos do que os combustíveis fósseis no processo de combustão dos motores e também porque seu processo de produção tende a ser mais limpo.
b) A adoção do etanol é considerada um dos principais mecanismos de combate ao aquecimento global, pois reduz as emissões de gás carbônico (CO2).
c) A produção e o uso do biodiesel no Brasil propiciam o desenvolvimento de uma fonte energética sustentável sob os aspectos ambiental, econômico e social, mas também trazem grande perspectiva, pois proporciona uma necessidade de aumento nas importações de óleo diesel.
d) Os dois principais biocombustíveis líquidos usados no Brasil são o etanol (álcool) extraído de cana-de-açúcar e, em escala crescente e o biodiesel, que é produzido a partir de óleos vegetais ou de gorduras animais e adicionado ao diesel de petróleo em proporções variáveis.
e) Pioneiro mundial no uso de biocombustíveis, o Brasil alcançou uma posição almejada por muitos países que buscam fontes renováveis de energia, como alternativas estratégicas ao petróleo.

09. PRESIDENTE DO IBAMA VISITA ÁREA DE CONSTRUÇÃO DA USINA DE JIRAU/RO
Diante da polêmica em torno da Usina Hidrelétrica de Jirau, o presidente do IBAMA, Roberto Messias Franco, decidiu verificar in loco os possíveis impactos das mudanças pretendidas pelo Grupo Suez. Sobrevoou a área, percorreu de carro a região e conversou com moradores. O que viu e ouviu ajudará na condução do licenciamento. Mas, por ser árbitro do processo, não quis antecipar qualquer comentário. No encontro com o prefeito e o secretário municipal, o assunto de destaque foi a construção das usinas hidrelétricas de Santo Antônio e Jirau, pois os projetos preveem instalação das usinas próximo a Porto Velho, cidade que certamente sofrerá pressão demográfica. (Notícias da Amazônia NDA. 25/08/2008 - Fonte: Ibama).  Sobre as usinas hidrelétricas referidas no texto, assinale V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas.
(  ) Podem contribuir para a ampliação do parque industrial de Porto Velho.
( ) Podem gerar impactos ambientais como alagamento das áreas vizinhas, aumento no nível do rio Madeira que, em alguns locais, pode ter seu curso represado.
(  ) Podem colocar em risco grande parte da biodiversidade local pela fragmentação da área, impedindo a reprodução de várias espécies.
(  ) Por se tratar de obra governamental, o Estudo de Impacto Ambiental/Relatório de Impacto Ambiental (EIA/RIMA) dessas usinas é dispensado.
Marque a sequência correta.
a) V, V, V, V       
b) V, F, F, V           
c) F, V, V, F            
d) F, V, F, V        
e) V, V, V, F

10. Os rios de planalto são ideais para a construção de usinas destinadas à geração de energia elétrica. Na Amazônia, onde o relevo é caracterizado por baixas altitudes, a construção de represas fica comprometida pelo alto grau de impacto ambiental que provoca. Entretanto, no estado do Amazonas, foi construída a usina hidrelétrica de Balbina, ao norte da cidade de Manaus. Aponte o ponto negativo, em relação ao aspecto socioambiental, relacionado à construção dessa usina.
A grande oscilação na vazão fluvial, o que exige reservatório de maior altura e profundidade para controlá-la.
b) A fraca demanda por eletricidade em áreas de extração mineral e vegetal, tornando o empreendimento ocioso.
c) A apropriação das margens dos reservatórios por posseiros e grilheiros, iniciando novos conflitos pela posse da terra.
d) A obstrução da navegabilidade do rio Negro, que dá acesso ao norte do Estado.
e) A pequena elevação altimétrica do terreno, o que exige reservatórios mais extensos e reassentamento de maior número de população.




terça-feira, 26 de agosto de 2014

ATIVIDADE DE PESQUISA 9º ANO


CAPÍTULO 09 - OCEANIA: TERRAS DISTANTES (PAGINA 32 ATÉ 47)

01. Por que a Oceania é um continente com características particulares?
02. Por que a Oceania é chamada de novíssimo continente?
03. Além das características humanas e sociais, o que mais chama a atenção para a Oceania?
04.  De acordo com sua dimensão, como é dividida A Oceania?
05. Como são divididas as ilhas menores da Oceania?
06. Cite as principais características físicas da Oceania.
07. Conte a historia geológica da Austrália e cite o ponto mais elevado da Oceania?
08. Qual a principal característica hidrográfica da Oceania? Quais bacias merecem maior destaque?
09. Cite as principais correntes marinhas que banham a Oceania?
10. Quais os tipos de clima da Oceania?
11. Cite os principais tipos de vegetação da Oceania?
12. Onde está localizada a grande barreira de corais, na Oceania?
13. O que é a lei do Título Nativo? Qual sua importância para os Aborígenes?
14. Quais os principais produtos agropecuários Australianos?

15. Quais os principais produtos agropecuários da Nova Zelândia?

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

FONTES DE ENERGIA - QUESTÕES ENEM E OUTROS


01. (Enem) "A idade da pedra chegou ao fim, não porque faltassem pedras; a era do petróleo chegará igualmente ao fim, mas não por falta de petróleo".   Xeque Yamani, Ex-ministro do Petróleo da Arábia Saudita. "O Estado de S. Paulo", 20/08/2001. Considerando as características que envolvem a utilização das matérias-primas citadas no texto em diferentes contextos histórico-geográficos, é correto afirmar que, de acordo com o autor, a exemplo do que aconteceu na Idade da Pedra, o fim da era do Petróleo estaria relacionado.
a) à redução e esgotamento das reservas de petróleo.
b) ao desenvolvimento tecnológico e à utilização de novas fontes de energia.
c) ao desenvolvimento dos transportes e consequente aumento do consumo de energia.
d) ao excesso de produção e consequente desvalorização do barril de petróleo.
e) à diminuição das ações humanas sobre o meio ambiente.


02. (Enem) Em usinas hidrelétricas, a queda d'água move turbinas que acionam geradores. Em usinas eólicas, os geradores são acionados por hélices movidas pelo vento. Na conversão direta solar-elétrica são células fotovoltaicas que produzem tensão elétrica. Além de todos produzirem eletricidade, esses processos têm em comum o fato de:
a) não provocarem impacto ambiental.
b) independerem de condições climáticas.
c) a energia gerada poder ser armazenada.
d) utilizarem fontes de energia renováveis.
e) dependerem das reservas de combustíveis fósseis.

03. (UFAL) Existem diversas modalidades de energia que são utilizadas pelo homem. Dessas, uma se caracteriza pela utilização do calor interno do planeta. Esse calor, que aciona turbinas elétricas, gera a modalidade de energia conhecida como:
a) Energia Gravitacional.
b) Energia Geotérmica.
c) Energia das Marés.
d) Energia Fóssil.
e) Energia de Xisto Betuminoso.

4. (UFOP) “Não existe geração de energia sem impacto ambiental. Esse impacto só será reduzido, se diminuirmos o consumo”, ressalta o pesquisador da Faculdade de Engenharia Mecânica da Unicamp, Gilberto Januzzi, em matéria publicada em 12/12/2004 no site http://www.comciencia.br. Dentre as fontes de energia indicadas abaixo, assinale a opção que apresenta a fonte alternativa de menor impacto ambiental.
a) construção de pequenas centrais hidrelétricas (PCHs)
b) construção de usinas térmicas que aproveitam a energia do urânio e do plutônio
c) geração de energia a partir dos ventos (eólica)
d) utilização de bagaço da cana e de biogás de lixo (biomassa)


05.  (Enem 2011) - “Águas de março definem se falta luz este ano”. Esse foi o título de uma reportagem em jornal de circulação nacional, pouco antes do início do racionamento do consumo de energia elétrica, em 2001. No Brasil, a relação entre a produção de eletricidade e a utilização de recursos hídricos, estabelecida nessa manchete, se justifica por que:
A) a geração de eletricidade nas usinas hidrelétricas exige a manutenção de um dado fluxo de água nas barragens.
B) o sistema de tratamento da água e sua distribuição consomem grande quantidade de energia elétrica.
C) a geração de eletricidade nas usinas termelétricas utiliza grande volume de água para refrigeração.
D) o consumo de água e de energia elétrica utilizadas na indústria compete com o da agricultura.
E) é grande o uso de chuveiros elétricos, cuja operação implica abundante consumo de água.


6. (Enem 2007) - Qual das seguintes fontes de produção de energia é a mais recomendável para a diminuição dos gases causadores do aquecimento global?
A) Óleo diesel.
B) Gasolina.
C) Carvão mineral.
D) Gás natural.
E) Vento.


7. (Enem 2009) - A economia moderna depende da disponibilidade de muita energia em diferentes formas, para funcionar e crescer. No Brasil, o consumo total de energia pelas indústrias cresceu mais de quatro vezes no periodo entre 1970 e 2005. Enquanto os investimentos em energias limpas e renováveis, como solar e eólica, ainda são incipientes, ao se avaliar a possibilidade de instalação de usinas geradoras de energia elétrica, diversos fatores devem ser levados em consideração, tais como os impactos causados ao ambiente e às populações locais. Ricardo. B. e Campanili, M. Almanaque Brasil Socioambiental. Instituto Socioambiental. São Paulo, 2007 (adaptado) Em uma situação hipotética, optou-se por construir uma usina hidrelétrica em região que abrange diversas quedas d'água em rios cercados por mata, alegando-se que causaria impacto ambiental muito menor que uma usina termelétrica. Entre os possíveis impactos da instalação de uma usina hidrelétrica nessa região, inclui-se:
a) a poluição da água por metais da usina.
b) a destruição do habitat de animais terrestres.
c) o aumento expressivo na liberação de CO2 para a atmosfera.
d) o consumo não renovável de toda água que passa pelas turbinas.
e) o aprofundamento no leito do rio, com a menor deposição de resíduos no trecho de rio anterior à represa.


8. (Enem 2010) - Deseja-se instalar uma estação de geração de energia elétrica em um município localizado no interior de um pequeno vale cercado de altas montanhas de difícil acesso. A cidade é cruzada por um rio, que é fonte de água para consumo, irrigação das lavouras de subsistência e pesca. Na região, que possui pequena extensão territorial, a incidência solar é alta o ano todo. A estação em questão irá abastecer apenas o município apresentado. Qual forma de obtenção de energia, entre as apresentadas, é a mais indicada para ser implantada nesse município de modo a causar o menor impacto ambiental?
a) Termelétrica país é possível utilizar a água do rio no sistema de refrigeração.
b) Eólica, pois a geografia do local é própria para a captação desse tipo de energia.
c) Nuclear, pois o modo de resfriamento de seus sistemas não afetaria a população.
d) Fotovoltaica, pois é possível aproveitar a energia solar que chega à superfície do local.
e) Hidrelétrica, pois o rio que corta o município é suficiente para abastecer a usina construída.


9. (Enem 2010)A usina hidrelétrica de Belo Monte será construída no rio Xingu, no município de Vitória de Xingu, no Pará. A usina será a terceira maior do mundo e a maior totalmente brasileira, com capacidade de 11,2 mil megawatts. Os índios do Xingu tomam a paisagem com seus cocares, arcos e flechas. Em Altamira, no Pará, agricultores fecharam estradas de uma região que será inundada pelas águas da usina. BACOCCINA, D. QUEIROZ, G.: BORGES, R. Fim do leilão, começo da confusão. Istoé Dinheiro. Ano 13, n.o 655, 28 abri 2010 (adaptado). Os impasses, resistências e desafios associados à construção da Usina Hidrelétrica de Belo Monte estão relacionados:
a) ao potencial hidrelétrico dos rios no norte e nordeste quando comparados às bacias hidrográficas das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país.
b) à necessidade de equilibrar e compatibilizar o investimento no crescimento do país com os esforços para a conservação ambiental.
c) à grande quantidade de recursos disponíveis para as obras e à escassez dos recursos direcionados para o
pagamento pela desapropriação das terras.
d) ao direito histórico dos indígenas à posse dessas terras e à ausência de reconhecimento desse direito por parte das empreiteiras.
e) ao aproveitamento da mão de obra especializada dispo - nível na região Norte e o interesse das construtoras na vinda de profissionais do Sudeste do país.


10. (Enem 2011) - Segundo dados do Balanço Energético Nacional de 2008, do Ministério das Minas e Energia, a matriz energética brasileira é composta por hidrelétrica (80%), termelétrica (19,9%) e eólica (0,1%). Nas termelétricas, esse percentual é dividido conforme o combustível usado, sendo: gás natural (6,6%), biomassa (5,3%), derivados de petróleo (3,3%), energia nuclear (3,1%) e carvão mineral (1,6%). Com a geração de eletricidade da biomassa, podese considerar que ocorre uma compensação do carbono liberado na queima do material vegetal pela absorção desse elemento no crescimento das plantas. Entretanto, estudos indicam que as emissões de metano (CH4) das hidrelétricas podem ser comparáveis às emissões de CO2 das termelétricas. MORET, A. S.; FERREIRA, I. A. As hidrelétricas do Rio Madeira e os impactos socioambientais da eletrificação no Brasil. Revista Ciência Hoje. V. 45, n.° 265, 2009 (adaptado). No Brasil, em termos do impacto das fontes de energia no crescimento do efeito estufa, quanto à emissão de gases, as hidrelétricas seriam consideradas como uma fonte:
a) limpa de energia, contribuindo para minimizar os efeitos deste fenômeno.
b) eficaz de energia, tomando-se o percentual de oferta e os benefícios verificados.
c) limpa de energia, não afetando ou alterando os níveis dos gases do efeito estufa.
d) poluidora, colaborando com níveis altos de gases de efeito estufa em função de seu potencial de oferta.
e) alternativa, tomando-se por referência a grande emissão de gases de efeito estufa das demais fontes geradoras.




segunda-feira, 18 de agosto de 2014

1º ANO ESTUDO DIRIGIDO - ESPAÇO ENERGÉTICO (FONTES DE ENERGIA)


ESTUDO DIRIGIDO – FONTES DE ENERGIA


OBS:  Use seu módulo positivo (08 ESPAÇO ENERGÉTICO) como fonte de pesquisa, o que não for possível responder pelo módulo pesquise outras fontes.


OBJETIVOS  A SEREM ALCANÇADOS COM O ESTUDO DIRIGIDO

Identificar as principais fontes de energia; Compreender o que são fontes de energia renováveis; Identificar as fontes de energia renováveis; Compreender o que são fontes de energia não renováveis; Identificar as fontes de energia não renováveis
Conceituar fontes alternativas de energia; Compreender o papel do etanol para a geração de energia; Compreender a geração de energia elétrica através dos ventos; Compreender a geração de energia elétrica através do Sol; Compreender a geração de energia elétrica através do uso da biomassa.
Identificar a utilização econômica dos produtos oriundos do extrativismo; Identificar a produção energética mundial e do Brasil; Compreender os diferentes consumos de energia elétrica do Brasil e do mundo; Identificar os principais recursos minerais do Brasil.
Relacionar a extração mineral a alterações nas formas de relevo; Compreender a produção de energia nuclear e a contaminação e poluição do ambiente; Relacionar a construção de usinas hidrelétricas a alterações no comportamento hídrico do rio.

ESTRATÉGIAS
Pesquisa bibliográfica para conhecimento dos conceitos e posterior resolução das questões propostas;
Discussão em grupo para formação da opinião do grupo sobre o tema;
Elaboração de um texto sobre as fontes energéticas, enfatizando sua importância e seus impactos ambientais.

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
Participação e cooperação na atividade em  grupo;
Discussão  e elaboração de opinião sobre o tema;
Organização do grupo;
Assiduidade na  entrega do texto construído.

01. As fontes de energia são de extrema importância para o desenvolvimento de um país, portanto explique:

a) Energia Renovável;                            b) Energia Não renovável;                                 c) Energia Primária;    
d) Energia Secundaria;                          e) Balanço Energético.                                     f) Energia da Biomassa
g) Energia Fotovoltaica ou Solar             h) Energia Eólica                                             i) Energia alternativa

02. Como é produzido o ETANOL?

03. Faça um comentário sobre a energia e os recursos minerais no Brasil.

04. O que é energia HIDROELÉTRICA? No Brasil como é a distribuição do potencial hidrelétrico e da capacidade instaladas. (cite apenas os três principais potenciais hidroelétricos e as três principais capacidades instaladas)

05. Explique:

a) Energia Nuclear;   

b) Como é produzida

06. Em relação ao petróleo no Brasil, responda:

a) Quando foi criada a Petrobras?

b) Quando e onde foi perfurado o primeiro poço de petróleo no Brasil;

c) Qual a importância da bacia de Campos para a produção de petróleo no Brasil?

d) O que é a camada Pré-Sal?

07. Explique a composição da matriz energética brasileira;

08. Explique:

a) Biomassa Tradicional;               
b) Biomassa Moderna;
a) Cada um dos quatro tipos de carvão;
b) Sua formação na natureza.

09. Em usinas hidrelétricas, a queda d'água move turbinas que acionam geradores. Em usinas eólicas, os geradores são acionados por hélices movidas pelo vento. Na conversão direta solar-elétrica são células fotovoltaicas que produzem tensão elétrica. Além de todos produzirem eletricidade, esses processos têm em comum o fato de:
a) não provocarem impacto ambiental.
b) independerem de condições climáticas.
c) a energia gerada poder ser armazenada.
d) utilizarem fontes de energia renováveis.
e) dependerem das reservas de combustíveis fósseis.

10.  Existem diversas modalidades de energia que são utilizadas pelo homem. Dessas, uma se caracteriza pela utilização do calor interno do planeta. Esse calor, que aciona turbinas elétricas, gera a modalidade de energia conhecida como:
a) Energia Gravitacional.
b) Energia Geotérmica.
c) Energia das Marés.
d) Energia Fóssil.
e) Energia de Xisto Betuminoso.

11. “Não existe geração de energia sem impacto ambiental. Esse impacto só será reduzido, se diminuirmos o consumo”, ressalta o pesquisador da Faculdade de Engenharia Mecânica da Unicamp, Gilberto Januzzi, em matéria publicada em 12/12/2004 no site http://www.comciencia.br. Dentre as fontes de energia indicadas abaixo, assinale a opção que apresenta a fonte alternativa de menor impacto ambiental.
a) construção de pequenas centrais hidrelétricas (PCHs)
b) construção de usinas térmicas que aproveitam a energia do urânio e do plutônio
c) geração de energia a partir dos ventos (eólica)
d) utilização de bagaço da cana e de biogás de lixo (biomassa

12. “Águas de março definem se falta luz este ano”. Esse foi o título de uma reportagem em jornal de circulação nacional, pouco antes do início do racionamento do consumo de energia elétrica, em 2001. No Brasil, a relação entre a produção de eletricidade e a utilização de recursos hídricos, estabelecida nessa manchete, se justifica por que:
A) a geração de eletricidade nas usinas hidrelétricas exige a manutenção de um dado fluxo de água nas barragens.
B) o sistema de tratamento da água e sua distribuição consomem grande quantidade de energia elétrica.
C) a geração de eletricidade nas usinas termelétricas utiliza grande volume de água para refrigeração.
D) o consumo de água e de energia elétrica utilizadas na indústria compete com o da agricultura.
E) é grande o uso de chuveiros elétricos, cuja operação implica abundante consumo de água.

13. Deseja-se instalar uma estação de geração de energia elétrica em um município localizado no interior de um pequeno vale cercado de altas montanhas de difícil acesso. A cidade é cruzada por um rio, que é fonte de água para consumo, irrigação das lavouras de subsistência e pesca. Na região, que possui pequena extensão territorial, a incidência solar é alta o ano todo. A estação em questão irá abastecer apenas o município apresentado. Qual forma de obtenção de energia, entre as apresentadas, é a mais indicada para ser implantada nesse município de modo a causar o menor impacto ambiental?
a) Na Termelétrica é possível utilizar a água do rio no sistema de refrigeração.
b) Eólica, pois a geografia do local é própria para a captação desse tipo de energia.
c) Nuclear, pois o modo de resfriamento de seus sistemas não afetaria a população.
d) Fotovoltaica, pois é possível aproveitar a energia solar que chega à superfície do local.
e) Hidrelétrica, pois o rio que corta o município é suficiente para abastecer a usina construída.

14. As fontes de energia primárias mais utilizadas no mundo atual são:
a) petróleo e carvão mineral. 
b) energia nuclear e hidroeletricidade
c) gás natural e petróleo.
d) carvão mineral e carvão vegetal.
15. Quais são as fontes energéticas mais utilizadas no Brasil?



















segunda-feira, 11 de agosto de 2014

CORREÇÃO ATIVIDADE 9º ANO


ÁFRICA: CARACTERÍSTICAS FÍSICAS (CLIMA E VEGETAÇÃO)

01. a) CLIMA EQUATORIAL
Ocorre nas bacias dos rios Congo, em Serra Leoa, na Libéria e em parte da Guiné, da Costa do Marfim, de Gana e da Ilha de Madagascar;
Tem temperatura elevada e umidade bem distribuída o ano todo;
Sofre influência das massas de ar equatoriais e tropicais marítimas(quentes e úmidas);
b) CLIMA TROPICAL
Ocorre em grande área do continente, ao redor da área de clima equatorial;
Ocupa praticamente toda parte Leste do continente e a maior parte de Madagascar;
Tem temperaturas elevadas todo ano, média entorno de 20ºC;
Uma estação seca durante o inverno, influenciada pelas massas continentais e a chuvosa no verão influenciado pelas massas marítimas;
É o típico clima de baixas latitudes (próximo a linha do Equador)
c)CLIMA SEMIÁRIDO E DESÉRTICO
c) Ocorre em poções diferentes do continente, compondo uma faixa de transição entre os climas úmidos e o desértico;
O clima semiárido e desértico ocorre de forma associada, apresenta baixa precipitação ao longo do ano (chuva)
Na região onde ocorre o clima semiárido a precipitação anual  é de aproximadamente 200mm;
Na região de clima desértico a precipitação é menor que 200mm, chegando a não ter chuvas por períodos superiores a um ano.
OUTROS CLIMAS
d) CLIMA MEDITERRÂNEO
Ocorre no extremo norte e extremo sul do continente;
Apresenta a estação seca durante o verão e a chuvosa no inverno;
Durante o inverno  há área com umidade elevada;
e)  FRIO DE MONTANHA
Na Etiópia e Quênia, nas áreas de maior altitude, ocorre manchas de clima frio de montanha;
Devido a altitude, as temperatura são baixas durante o ano;
Nos cumes das montanhas ocorrem as neves eternas;
Devido a diversidade  do clima, das características do relevo, solo e disponibilidade de Água, que juntos determinam a distribuição da vegetação no continente.

02. Tem a maior parte do seu território situada na zona intertropical, apresenta temperaturas elevadas  todo ano;
Devido a influência das massas de ar a umidade (chuva) é distribuída de forma desigual;;
Tem clima quente e úmido e quente e árido (seco)
Devido ao clima  apresenta floresta pluvial e vegetação árida e semiárida;

03. Devido à diversidade climática, a característica do relevo, solo, a disponibilidades de água, fato que interfere na distribuição dos tipos de vegetações do continente;

04. a) Vegetação Mediterrânea
Ocupa áreas no extremo Norte e Sul do continente;
Vegetação adaptada a um período seco (verão) e outro úmido (inverno)
Apresenta arbustos baixos e resistentes  ao período de estiagem;
Nos bosques o solo é coberto de gramínea chamada de Chaparral;
Seu clima característico é o mediterrâneo.
 b) Floresta Pluvial ou Tropical
Ocorre na porção central do continente;
Estende-se da Bacia do Rio Congo até o Senegal, se alongando na faixa litorânea;
Ocorre também  em porções da parte Oriental da Ilha de Madagascar;
Devido a grande incidência solar e a umidade elevada, desenvolveu  vegetação de floresta;
Nas florestas as arvores são de grande porte, podendo chegar a 60 metros  de altura.
É uma vegetação com grande diversidade, formando um dossel que é habitado por  diversos animais;
Tem  características semelhantes a floresta Amazônica;
Destaca-se a floresta do Congo, segunda maior  floresta do mundo;
Na floresta do Congo há grande extração de madeira, fato que está devastando esta floresta;
A floresta do Congo é habitat natural dos grandes Gorilas, segundo WWF 91000 km da floresta jáforam desmatada;
c) Floresta Pluvial Subtropical
Ocorre em trechos da Etiópia, Quênia, Uganda, Sudeste do Sudão Sul;
Tem longa estação chuvosa, com índice pluviométrico menor;
As arvores são perene, ou seja, as folhas não caem durante o ano;
d) Estepes e Pradarias
Ocorre em partes de Madagascar e do Sul da África;
São caracterizadas por planícies  cobertas por gramíneas de diferentes portes, desde de rasteira até algumas que podem atingir dois metros;
A atividade agropecuária é uma das principais responsáveis pela devastação desta vegetação ( pastagem e cultivo de cereais);
As Pradarias do Sul da África, estão sofrendo grande pressão devido a silvicultura, a fim de abastecer o mercado madeireiro;
A silvicultura é baseada no cultivo do Pinus e Eucalipto, cujo manejo dificulta a vegetação original se estabelecer
e) Vegetações Tropicais Complexas
É a vegetação que sofre influencia do clima tropical;
Em associação as elevadas altitudes tem-se a vegetação de transição de pradarias próxima ao monte Drakensberg (Lesoto e África do Sul);
Tem-se outra zona de transição de Savana no Planalto da Etiópia (Entre a Etiópia e o Sudão);
A leste do Lago Vitória observa-se uma área de gramíneas com bosque;
f)  Savana Tropical
É semelhante a Savana africana;
Encontra-se próximo a área de transição para vegetação semidesértica;
As formações de vegetação e o solo são diferentes da Savana Africana;
Sua formação vegetacional é  gramínea, arbusto, árvore de pequeno porte com galho retorcidos e solo relativamente ácido;
g) Vegetação de transição da Savana para a Semidesértica
Apresenta semelhanças coma savana tropical e assume características florística parecida com a desértica;
Apresenta arbustos adaptado a longos períodos secos e poucas árvores;
Localiza-se entre a vegetação de Savana e Desértica;
h) Savana Africana
Ocorre ao longo da faixa de clima tropical próximo das florestas tropicais e pluviais;
Apresenta paisagem com relevo plano, com árvore de médio e pequeno porte, nas áreas úmidas tem bosques;
Nas áreas de transição para Savana Tropical predomina m as gramíneas e os arbustos resistentes à redução da umidade;
Nesta área vegetacional encontra-se os maiores mamíferos do planeta;
As queimadas, usadas para preparar o solo para o cultivo, é o principal motivo da redução desta vegetação no continente africano;
A queimada natural, que ocorre na estação, ajuda o desenvolvimento da vegetação;
O Serengueti e o Sahel são importantes áreas de preservação da Savana Africana;
05. Desertos
Os principais desertos africanos são: Saara e o da Namíbia;
Os desertos cobrem extensas áreas no Norte e porção Sudoeste do continente africano;
Apresenta menor diversidade biológica em relação às outras  áreas do continente;
O clima desta área é o árido, caracterizado pela baixa umidade;
Os animais e vegetação são extremamente adaptados a pouca quantidade de água;
A vegetação é totalmente adaptada  ao rigor do clima e apresenta raízes longas e profundas, caule que armazenam água;
Suas folhas transformadas em espinhos, o que reduz a perda de água pela evepotranspiração;